Cantor sertanejo está morando de favor na casa de parceiro

Henrique e Diego que anunciou o rompimento com seu empresário na semana passada após divergências sobre valor do cachê.


A dupla que ficou conhecida com a música “Suíte 14”, ironozou  o fim da parceria com o antigo escritório.
O casamento do Henrique, que era o amor da vida dele, durou três meses. Por que o escritório tem que durar para o resto da vida”, afirma Diego.
Henrique e Diego revelaram que estão recebendo apoio de outros artistas após tomarem a decisão de assumirem o controle da carreira.
O problema seria de nós dois estivéssemos brigando. Eu estou dormindo na casa dele [Diego] tem cinco meses de favor. Então as coisas estão boas”, comentou Henrique durante entrevista à jornalista Marília Neves.
 

A dupla está processando o ex empresário

Apesar dos shows vendidos com valores na casa de R$ 100 mil a R$ 120 mil, o salário mensal dos meninos era de apenas R$ 25 mil. Este foi um dos motivos que levou a dupla a entrar judicialmente contra a Dut’s Promoção,.
Henrique e Diego, apesar de estourarem, eram assalariados com ganhos de R$ 25 mil mensais. Parece muito, mas cada show deles passava de R$ 100 mil. O contrato foi rompido após ajuda judicial. A informação é que as despesas eram de 80% do que eles ganhavam”, confirmou uma pessoa próxima à dupla.
A falta de repasses de royalties da gravadora para a dupla, valores que chegam até 25% do que é arrecadado. Também há suspeitas de superfaturamento das despesas com produção e shows.
A gravadora pagava royalties de ate 25% e esses valores nunca entraram na receita dos meninos, e a reclamação é que o empresário apresentava despesas altíssimas e os lucros baixos. Foi feito um levantamento que mostrou que havia esse possível desvio. Ele alegava que teriam que pagar o investimento que ele fez no começo da dupla, só que nunca conseguia quitar a dívida. Era tipo aquele fazendeiro que contratava um peão e o peão ficava sempre devendo”, explica um empresário do ramo, que ficou sabendo do problema da dupla.

Comentários (0)
Adicione seu comentário