Ana Maria Braga cita fala racista de Naiara Azevedo, detona cantora e aconselha: “Aprenda”

Ana Maria Braga comentou sobre fala a atitude da Naiara Azevedo no primeiro dia do BBB22 e deu um conselho para a cantora

As atitudes de Naiara Azevedo estão tendo grandes repercussões aqui fora. No primeiro dia de confinamento no BBB22, a cantora resolveu falar sobre desigualdade racial e afirmou que para ela todos somos iguais e que não existe diferença entre branco, ruivo, negro e etc.

Leia mais:

A fala da vocalista que foi acusada de humilhar funcionário incomodou Ana Maria Braga, em seu Instagram, a apresentadora do ‘Mais Você’ na Globo, usou a sensatez para opinar e deixou claro que mesmo não sendo negra, entende que só quem é preto sabe o que é sofrer com o racismo.

“Não querer que o racismo exista é diferente de negá-lo. Eu aprendi, me rodeando de pessoas pacientes e amorosas, que esse “pensamento de igualdade” causa dor nas pessoas negras. Pois são elas que sofrem (literalmente) na pele e só elas podem testemunhar se racismo existe ou não”, escreveu “Namaria”.

A loira fez questão de deixar seu desprezo pela fala de Naiara Azevedo e também aproveitou para aconselhar a sister. “É como se você falasse pro médico que está com dor e ele te respondesse que a dor não existe, pois ele não está sentindo nada. Eu espero que a Naiara se cerque de pessoas amorosas e aprenda isso também”, completou a ícone da televisão brasileira.

Ana Maria Braga ainda torceu por um mundo onde de fato exista igualdade racial. “E que no futuro exista esse mundo onde a cor é indiferente. Mas, por enquanto o segurança da loja cara vê cor, o empregador vê cor. Enquanto muita gente estiver vendo cor e muita gente estiver sofrendo preconceitos de todo tipo por causa da cor, a gente tem que ver cor”, lamentou.

Fala racista de Naiara Azevedo

Naiara Azevedo falou sobre a polêmica no 'Encontro' (Foto: Reprodução)
(Foto: Reprodução)

No ano passado, Naiara Azevedo esteve no ‘Encontro‘. O programa trazia um assunto relacionado ao apoio entre as mulheres e racismo. Além da cantora, outras mulheres estavam participando da entrevista.

Uma mulher chamada Vilma abordou o tema com maestria e acabou tendo a infelicidade de ouvir a cantora dizer que ela estava sendo inteligente apesar de ser negra. Na verdade, a sertaneja ficou admirada com a mulher e foi acusada de racismo na época. “Eu tô admirada com a inteligência, as palavras, com a sua inteligência. Ela é uma mulher preta tão inteligente, tão culta”, disse a cantora que está sendo acusada de usar a imagem de Marília Mendonça para se promover.