Barra da Saia e Janaynna no programa Aparecida Sertaneja

0

Nesta terça-feira, o programa Aparecida Sertaneja traz a Banda Barra da Saia e a cantora Janaynna.

Neste mês em que se comemora o Dia da Mulher, o Aparecida Sertaneja preparou um programa especialíssimo. A escalação das atrações é toda voltada a nomes femininos. As cantoras irão inaugurar o novo horário da produção comandada por Mariangela Zan, que passa a ser exibido meia hora mais cedo, às 19h30, na TV Aparecida.

Entre as convidadas da noite estão as meninas do grupo Barra da Saia. Com uma proposta moderna e pioneira dentro da música sertaneja, elas estão na estrada desde 1999, quebrando tabus e deixando registrada sua marca musical. Talentosas instrumentistas e donas de um timbre que as tornam únicas, as integrantes Adriana Sanchez (sanfona, teclado e voz), Carol Duarte (violino e bandolim), Dede Soares (guitarra, viola, violão e voz) e Eliza Marin (voz e violão), trazem influências que passam pelo sertanejo de raiz, o country, o rock e a música latina, com as polcas, guarânias e chamamés.

Outra atração desse programa tão especial é a cantora Janaynna. Nascida em Campo Grande (MS), aos 31 anos a cantora mostra sua força e personalidade. Sua trajetória teve início muito cedo, mas o destaque nacional como revelação da música sertaneja foi em 2009, quando gravou a música “Sacanagem tua”.

Mais convidadas

Thayná Bitencourt é outro nome que representa a mulher sertaneja na produção. Dona de um timbre grave e cheio de personalidade, Thayná Bitencourt vem chamando a atenção na internet. Aos 20 anos a cantora paulista é uma das artistas mais diferenciadas da sua geração. O visual moderno e estilo despojado conquistam o público pop, que divide o gosto com a tribo sertaneja, que nos últimos anos viu as mulheres tomarem espaço nesse mercado, antes tão dominando pelos homens e pelas duplas.

E o programa fecha as apresentações com Karoline Violeira. Cantora, violeira e violonista, a artista aprendeu a tocar instrumentos ainda muito pequena. Nascida em Botucatu (SP), essa “caboclinha”, chamada assim pela saudosa Inezita Barroso, cresceu num sítio cercada de recordações deixadas pelo avô como: coleções de fitas, discos de vinil, vitrolas, tudo do mais puro sertanejo raiz. Inicialmente formou dupla com outras cantoras, mas atualmente está em carreira solo.

Aparecida Sertaneja, terça-feira, às 19h30

Deixe uma resposta