Breno e Caio Cesar lançam a canção "45 do Segundo Tempo"

0 252

Aproveitando o clima de Copa do Mundo, a dupla sertaneja Breno e Caio Cesar apresentou ao público o vídeo oficial da canção “45 do Segundo Tempo”, para embalar a torcida brasileira, com uma pegada de romantismo.


Composição de autoria da própria dupla, em parceria com Juliano Tchula, Gabriel Agra e Samuel Deoli, a canção faz parte do mais novo de Breno e Caio Cesar, intitulado “No Sofá da Sala”.
A dupla Breno e Caio Cesar gravou na noite do dia 20 de março, o DVD intitulado “No Sofá da Sala”. Os irmãos gêmeos contaram com participações especiais de grandes amigos, a saber: Luan Santana, Marília Mendonça, Dilsinho e Léo Santana. O repertório inédito foi escolhido a dedo e tem, em sua maioria, músicas autorais. O registro aconteceu em Alphaville, Barueri, São Paulo.

Estamos sem palavras para expressar o que foi essa gravação. Ela superou todas as nossas expectativas e estamos muito felizes com o resultado. Não vemos a hora de poder mostrar ele na íntegra para vocês”, diz Breno. Já Caio comenta sobre as participações.
Foi uma honra poder dividir cena com artistas de grande reconhecimento como o Luan, a Marília, nosso parceiro Dilsinho e o gigante Leo Santana. Escolhemos as músicas que cantamos com eles de acordo com o que era mais a praia de cada um. Com Luan cantamos duas, uma mais animada e outra mais românica. Já com a Marilia elegemos uma sofrência, porque ela é a rainha. A faixa com Dilsinho tem uma pegada de pagode, e ele estava em casa. E com o Leo cantamos um axé bem animado”.

Gêmeos, Breno e Caio César nasceram em São Paulo, mas a paixão por cavalos os levou a competir em provas de baliza e tambor desde os 6 anos.
Foram tricampeões brasileiros, tinham carreira assegurada se quisessem, mas ao final de tarde, nos dias de prova, o irmão um ano mais velho que eles, Gabriel, sacava a viola e formava-se a roda, onde eles cantavam como dupla.
Aos 13 anos, com apoio do irmão e toda família, lançaram “Doideira Virou Minha Cabeça”, o público os abraçou, a música rodou o interior de São Paulo e Sul de Minas e… estava feita a mágica.
Dois anos depois, em 2011, lançaram uma composição de Gabriel, que também é produtor e cuida dos shows, “Coração Robótico”. Explodiram no Youtube, junto ao público teen e adulto. A canção bate 6 milhões de acessos.

Ano seguinte foi mais prolífico, vieram “Todos os Astros”, “Dança Kuduro” (em versão sertaneja, claro) e “Ó Como é que Eu Tô”. E no começo de 2013 o lançamento da música mais marcante para a dupla até o momento, “Londres”, para a qual passaram 10 dias na capital inglesa, gravaram clipe que chega agora a 5,5 milhões de acessos no Youtube.
Em 2013, ainda deu tempo de lançarem “Tô Querendo” e em março do ano seguinte soltaram “Vento”, que abriu a mesa de conversas com o escritório Brothers, que cuida de Michel Teló e Jads & Jadson, entre outros.
O namoro virou casamento no final de 2014, selado com o lançamento do EP digital “Dói”, que traz algumas das faixas lançadas anteriormente, além de “Fica em Off”, “To Querendo”, “Valeu Destino”, e outros sucessos.
Em agosto de 2016 o DVD “Juntos com BCC” foi gravado na casa da dupla, em Alphaville. Com previsão de lançamento ainda esse ano, três faixas – “Palestra”, “6 Graus Abaixo de Zero” e “Nosso Infinito” já foram liberadas e estão nos canais da dupla.

Deixe uma resposta