Show de Bruno e Marrone é adiado por falta de público

Bruno e Marrone tem show cancelado em Curitiba por falta de público (Foto: Divulgação)
Bruno e Marrone tem show cancelado em Curitiba por falta de público (Foto: Divulgação)

A dupla sertaneja Bruno e Marrone começa a sentir os reflexos das polêmicas e tem show adiado por falta de público em Curitiba

Bruno e Marrone que já esteve no topo da lista dos principais nomes da música sertaneja, vê sua carreira definhar após inúmeros polêmicas que vem se acumulando nos últimos anos.

Apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, a dupla Goiânia vem sentindo o reflexo da rejeição, após ter o show que seria realizado em Curitiba nesta quinta-feira (24), ter sido adiada por fala de público.

Para reverter a situação, os organizadores do evento mudaram a data para o próximo dia 22 de dezembro na tentativa de salvar o evento da dupla.

A trajetória de Bruno e Marrone começou em 1986 e hoje colecionam sucessos, com uma discografia que vai do vinil ao digital. “Dormi na Praça”, “Vai dar Namoro”, “Que Pescar que Nada” e “Ligação Urbana” são algumas das músicas clássicas da banda, que ao longo da carreira lançou mais músicas que emplacaram como “Vidro Fumê”, “Na Conta da Loucura”, “Facas”, “Ciclo Vicioso” e o último lançamento “Deixa Ela em Paz”.

Mas recentemente a dupla teve seu nome envolvido em várias polêmicas. A última delas foi quando o cantor Bruno apareceu excitado ao lado de uma dançarina no palco e foi duramente criticado pelo público.

Aliás a imagem do cantor sertanejo está desgastada após maltratar por várias vezes Marrone durante suas apresentações. Embora a dupla desminta o mal entendido, alguns contratantes afirmam que os bastidores entre os cantores sertanejos não é mais o mesmo há algum tempo

Bruno e Marrone abrem o jogo e falam sobre separação

(Bruno e Marrone | Foto: Divulgação)
(Bruno e Marrone | Foto: Divulgação)

Bruno e Marrone vem aos trancos e barrancos desde que realizaram uma live sertaneja no último ano regado a bebedeiras e humilhações, que deixaram o público revoltado, principalmente pela grosseria de Bruno com o parceiro de dupla, o que fez aumentar rumores de separação.

Agora, após a poeira abaixar e Marrone chegar a revelar que tinha que se segurar para não colocar um ponto final em tudo, a dupla abriu o jogo sobre a separação e deixou muita gente chocada.

Em uma recente entrevista ao programa Melhor da Tarde, Bruno e Marrone abriram seu coração sobre os rumores de separação e negaram mais uma vez que o rompimento estaria acontecendo: “Eu continuo apaixonado pelo Marrone. Temos um casamento muito feliz”, declarou Bruno, que assumiu a culpa pelas humilhações ao amigo durante as lives sertanejas, que causaram revolta nos fãs:

“Da terceira (live sertaneja) para frente, eu passei do ponto e comecei a brigar. Nós temos uma relação de 36 anos, somos mais do que irmãos. Eu não convivo com meus irmãos como eu convivo com o Marrone. Às vezes, eu tento falar, conversas e às vezes tenho o direito de discutir. O Marrone ficou um pouquinho chateado (com a humilhação), mas depois eu dou uns beijinhos na nuca dele, faço um carinho nas costas e ele acaba gostando”, se defendeu o sertanejo.

Marrone, que já chegou a detonar o parceiro por causa do excesso de bebida nas lives, concordou com Bruno e ‘passou pano’ para o parceiro de dupla: “A gente está sempre equilibrando um ao outro. Um faz uma coisa, o outro tem que relevar. Tem que ter pé no chão, colocar a cabeça no lugar. Parceria é assim”, afirmou. As vezes é uma situação difícil. Mas como é que você vai jogar fora uma carreira com 26 anos de história? É muito difícil chegar aonde chegamos. Por isso, não é fácil. Tem que ter a cabeça no lugar”, disparou.

Assista à entrevista:

Criador e fundador do Movimento Country. Radialista e Publicitário