Cantor sertanejo famoso é vítima de golpe após comprar carro de luxo e faz apelo na Justiça

Cantor sertanejo é vítima de golpe ao comprar carro e toma atitude (Foto: Reprodução/Internet)
Cantor sertanejo é vítima de golpe ao comprar carro e toma atitude (Foto: Reprodução/Internet)

Kauan, dupla de Matheus, comprou uma Lamborghini milionária em situação de inadimplência e entrou na Justiça contra a empresa que fez a venda

O cantor sertanejo Kauan, da dupla Matheus e Kauan, que perderam um processo contra uma construtora recentemente, se meteu em uma grande enrascada ao comprar um carro. Com um dos maiores cachês da atualidade e dono de diversos hits como “Que Sorte a Nossa” e “Quarta Cadeira“, o cantor sertanejo resolveu investir em uma Lamborghini recentemente.

Kauan pagou R$ 650 mil pelo automóvel, que estava usado, e pouco tempo depois resolveu vende-lo para uma outra empresa de automóveis. Foi aí que a sua dor de cabeça começou, já que, ao entrar em contato com a empresa que ele comprou a Lamborghini, descobriu que seu veículo não possuía documentação.

Antes do cantor sertanejo, o carro teve outros 2 proprietários. Acontece que, segundo o site Seu Crédito Digital, o primeiro dono, Luiz Eduardo, vendeu o carro a César Maschietto, que depois vendeu à empresa de automóveis. No entanto, César não havia pagado o valor total da Lamborghini ao primeiro proprietário, o que impossibilitou a emissão do documento do carro.

Quando Kauan comprou o veículo da empresa, não foi informado da situação de inadimplência que sua Lamborghini se encontrava. Para vender o veículo, o sertanejo precisou arcar com R$ 66 mil que César devia ao primeiro dono e, assim, poder deixar o veículo em seu nome e finalizar a venda.

Kauan entrou com um processo judicial contra a empresa, que foi condenada a ressarcir os R$ 66 mil de prejuízo que ele tomou ao fazer a transferência de documentos. A decisão ocorreu no início de dezembro de 2022, e o sertanejo não se pronunciou sobre o assunto até então.

Matheus e Kauan perderam processo contra construtora

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

Matheus e Kauan foram surpreendidos com uma decisão da Justiça recentemente. Em 2021, uma famosa construtora resolveu contratar a dupla sertaneja Matheus e Kauan para fazerem um publieditorial em seu Instagram. O contrato, que o Movimento Country teve acesso com exclusividade, constatava que a dupla faria uma postagem a cada 90 dias em suas redes sociais, pelo prazo de 36 meses, o que resultaria em uma quantidade de 24 postagens para impulsionar a marca da empresa.

Em troca destes serviços, a dupla receberia alguns imóveis na região do Guarujá, litoral paulista. No entanto, os cantores sertanejos entraram na Justiça contra a construtora pedindo uma indenização por quebra de contrato no valor de R$1.7 milhão.

Mas, de acordo com a matéria da jornalista Fábia Oliveira, publicada no mês passado, a construtora argumentou que houve situações que a relação de confiança entre eles havia acabado, estando no direito de romper por justa causa, e encerrar o “contrato de permuta e patrocínio de uso de nome e imagem”.

À Justiça, a construtora afirma que Kauan teria realizado paralelamente um outro negócio. Ele comprou um Mercedes Benz da construtora, no valor de R$ 250 mil, e pagou com cinco cheques em nome de terceiros, que não tinham fundos. O caso foi parar na delegacia.

Somente após um boletim de ocorrência, a dívida teria sido acertada pelo sertanejo, mas aí já não havia mais relação de confiança entre eles. “Somente após a lavratura do Boletim de Ocorrência é que os cheques foram pagos pelo apelante, se essa medida não fosse tomada, quiçá o apelado não tinha recebido até a presente data”, revela um trecho do processo.

A juíza considerou improcedente o pedido da dupla Matheus e Kauan, que foram condenados a pagar R$ 204 mil, sob pena de ser acrescida da multa de 10% e honorários de 10% . Os sertanejos propuserem o parcelamento da dívida em 5 vezes após derrota na Justiça.

lytics>