Cerveja Cabaré, que tem Leonardo como garoto-propaganda, divide opiniões de internautas

Prometeu muito ou é satisfatória? Internautas expressaram suas opiniões após provarem a Cerveja Cabaré, que tem Leonardo como garoto-propaganda

No mês de fevereiro, o lançamento de mais uma bebida alcoólica do “Cabaré” movimentou a internet. Junto da estreia do produto no mercado, Leonardo e Bruno e Marrone se uniram para uma transmissão no YouTube, que foi mais uma vez palco para polêmicas entre os sertanejos, que agora comandam a turnê do “Cabaré” pelo Brasil.

Com pouco mais de 1 mês de mercado, a Cerveja Cabaré começa a chegar nos quatro cantos do Brasil tendo Leonardo como garoto-propaganda, o que gerou especulações de que ele seria o dono do produto, que na verdade pertence ao Engenho Dom Tápparo e ao Grupo Petrópolis. No entanto, a fórmula não agradou todo mundo e dividiu opiniões de consumidores nas redes sociais.

Acontece que, por ser uma cerveja relativamente mais cara do que as outras presentes no mercado nacional, o sabor e qualidade a Cerveja Cabaré acabou desapontando alguns paladares. No Twitter, por exemplo, muitos internautas reclamaram do seu sabor e deram o feedback do que acharam do produto:

Provei ontem aquela cerveja cabaré, que negócio mais sem graça”, “Cerveja cabaré não é ruim, é terrível”, “Fui experimentar a tal da cerveja Cabaré e vou te falar… que experiência tenebrosa…” e “Cerveja cabaré puro malte reprovada. Cara só porque quer ser cara mesmo, pois não merece” foram comentários de destaque na rede social.

No entanto, como qualquer produto, a Cerveja Cabaré também agradou muitos paladares por aí, conforme pode-se perceber nos comentários: “Mano a cerveja cabaré é gostosa demais”, “A nova cerveja Cabaré do Leonardo é boa demais credooo”, “Depois que inventaram a cerveja cabaré, nunca mais eu fui triste” foram outros comentários positivos que se destacaram no Twitter.

Dessa forma, o público pareceu bem divido acerca do resultado da Cerveja Cabaré. Apesar das opiniões contrárias e o preço não tão camarada, o produto vem fazendo o maior sucesso nas distribuidoras do Brasil e, com a propaganda de ninguém menos que Leonardo, o público que ainda não tomou permanece com a grande vontade de experimentá-la.

Leia Também:

O cantor Leonardo é o dono da Cerveja Cabaré?

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

O que a internet vem se perguntando é quem é o dono da cerveja Cabaré. Como o produto leva o mesmo nome do projeto que Leonardo segue sem o ex parceiro Eduardo Costa, os fãs estão confundidos sobre quem tem a propriedade da marca. O que confundiu ainda mais o púbico foi o fato do pai de Zé Felipe, o jovem que vem se destacando pelo cachê altíssimo nos shows, é o garoto-propaganda da cerveja Cabaré.

Após muitos questionamentos, o Movimento Country pesquisou qual é a verdadeira autoria da cerveja Cabaré. Leonardo não é o dono da cerveja Cabaré, e sim o engenho Dom Tapparo e o Grupo Petrópolis, que se uniram e criaram a marca.

O Grupo Petrópolis tem em seu catálogo cervejas como Itaipava e Petra, enquanto o engenho é dono da Cachaça Cabaré e Cabaré Ice, que fazem o maior sucesso no mercado. Dessa forma, o cantor sertanejo Leonardo, por ter relação com o nome na cachaça, foi chamado para ser garoto-propaganda e o resultado foi uma explosão na popularidade da marca.

Por outro lado, o show “Cabaré” é de propriedade de Leonardo e sua empresa “Talismã. Desde que rompeu a parceria com Eduardo Costa, o projeto é alvo de discussão de ambos os lados e entre os fãs. Eduardo Costa alega ser o grande criador da marca, mas ela foi registrada em nome da empresa Talismã, portanto na lei ela pertence ao grupo de Leonardo.

Em várias entrevistas, Eduardo Costa condenou a “traição” de Leonardo em continuar o projeto com outros sertanejos após o sucesso que fizeram juntos. Em várias situações, o sertanejo disse que só fazia o “Cabaré” com Leonardo, e boatos surgiram que ele estava cogitando buscar por seus direitos na Justiça.

Saiba mais: