Eduardo Costa chama repórter transexual de “cara” e gera revolta na internet

Eduardo Costa se envolve em polêmica com repórter transexual (Foto: Philippe Norman)
Eduardo Costa se envolve em polêmica com repórter transexual (Foto: Philippe Norman)

O cantor sertanejo Eduardo Costa gerou polêmica ao chamar uma repórter transexual de “cara”. Ela, inclusive, se pronunciou sobre a atitude nas redes sociais

Eduardo Costa está nos holofotes da mídia novamente após voltar à tona um vídeo em que ele ameaçava desistir da sua carreira. O cantor sertanejo, que durante muitos anos integrou o projeto “Cabaré, voltou a dar o que falar ao chamar uma repórter transexual de “cara” durante uma entrevista.

Nesta semana, Eduardo Costa concedeu uma entrevista ao TV Fama onde comentou sobre os boatos de sua sexualidade, após se denominar semi-gay. Na ocasião, o cantor sertanejo conversava com a jornalista Lisa Gomes, que é transexual, e errou ao chamá-la de “cara”, designação destinada a homens.

A declaração não caiu nada bem para o público LGBTQIA+, que começou a atacar o cantor sertanejo nas redes sociais. A polêmica foi tanta que até a repórter veio à público esclarecer a respeito de Eduardo Costa: “Eu fiz uma entrevista com ele no ‘TV Fama’, que repercutiu bastante. No meio da entrevista, ele me chama de ‘cara’, sendo que eu não interpretei isso de uma forma preconceituosa”, diz Lisa.

“Em nenhum momento o Eduardo Costa foi preconceituoso comigo, como ele nunca foi. Ele sempre me respeitou bastante, então eu não vi em nenhum momento maldade alguma. Interpretei isso como um vício de linguagem”, continuou a repórter.

“Eu quero deixar claro aqui pra vocês, e até mesmo pro próprio Eduardo Costa, que em nenhum momento eu me senti ofendida, porque eu interpretei como um vício de linguagem. Mas eu acho que é importante também a gente alertar aqui, a forma como algumas pessoas falam, principalmente com a nossa classe LGBTQIA+”, completou a jornalista, aproveitando para alertar o sertanejo.

Veja a publicação:

Eduardo Costa é gay? Cantor sertanejo se pronuncia sobre boatos

(Foto: Reprodução/Instagram Oficial)
(Foto: Reprodução/Instagram Oficial)

Em uma determinada ocasião, em entrevista ao canal do Conceito Sertanejo, Eduardo Costa polemizou ao dizer que fazia tudo que um gay fazia, menos sexo com outros homens. A declaração não pegou nada bem e ele foi detonado nas redes sociais pelo posicionamento.

Agora, tempos depois da declaração, ele revisitou essa polêmica em uma entrevista ao programa TV Fama, da Rede TV!. Conversando com os correspondentes do programa, o cantor sertanejo explicou melhor sua declaração e aproveitou para reafirmar que gosta apenas de mulheres.

“Sempre fui um cara que as pessoas chamam de pegador, de gay foi a primeira vez. Eu sou um cara que é muito organizado, tudo muito ajeitado, e os gays são muito organizados”, disparou ele, explicando o termo semi-gay.

“Eu sou aquele cara que gosta de comprar roupa de cama, de comprar panela, de decorar a casa. Eu estou fazendo uma reforma em casa, eu que compro piso, panela, eu tenho uma página só de decoração em casa. Eu sou apaixonado por arquitetura”, encerrou.

lytics>