Layza Felizardo, ex-esposa do cantor, expõe os bastidores dolorosos da separação e enfrenta dificuldades financeiras e emocionais

Resumo: Layza Felizardo, ex-esposa do cantor Amado Batista, revelou os bastidores dolorosos de sua separação em uma entrevista ao Domingo Espetacular. A jovem, 48 anos mais nova que o cantor, afirmou ter sido expulsa de casa sem explicações e agora enfrenta uma batalha judicial por pensão e reconhecimento de união estável. Além disso, o advogado de Layza revelou que ela sofreu violência moral, psicológica e patrimonial durante o relacionamento.

Expulsão e Desamparo: A Verdade Vem à Tona

Layza Felizardo, ex-esposa do ícone do brega Amado Batista, trouxe à tona detalhes chocantes sobre sua separação. Segundo Layza, Amado Batista a expulsou de casa abruptamente, sem dar explicações ou ter uma conversa sobre o término do relacionamento. A jovem, agora de volta à casa de sua mãe em Manaus, descreveu a humilhação de ser despejada e a angústia de não ter onde ficar.

“Sair da minha casa foi uma expulsão. Colocaram tudo no meu carro de qualquer jeito, enfim… um horror,” relatou Layza, chorando. Atualmente, ela está dormindo em um colchão na cozinha da casa de sua mãe, enfrentando um momento de grande dificuldade.

Violência e Batalha Judicial: Revelações Dolorosas

Saiba quanto a ex-namorada de Amado Batista irá receber de pensão (Foto: Divulgação)
Saiba quanto a ex-namorada de Amado Batista irá receber de pensão (Foto: Divulgação)

O advogado de Layza Felizardo afirmou em entrevista ao Domingo Espetacular que ela foi vítima de violência moral, psicológica e patrimonial. “Nós vamos tomar todas as medidas judiciais cabíveis, porque é inadmissível violência doméstica, ainda mais quando ela é moral, psicológica e patrimonial,” disse ele.

Layza também expôs que teve que abandonar sua carreira para viver com Amado Batista em Goiânia. Durante os cinco anos de relacionamento, incluindo uma breve separação em 2022, Layza foi sustentada pelo cantor, mas agora está sem renda e busca reconhecimento e dissolução de união estável, além de alimentos provisórios e compensatórios.

Intertítulo: Disputa por Pensão e Bens

Layza entrou com uma ação judicial pedindo uma pensão de R$ 10 mil mensais. “Os fatos alegados pela requerente fazem presumir que necessita dos alimentos ora pleiteados, especialmente para atender às despesas básicas nesta fase de transição,” destacou a juíza Helvia Tulia Sandes Pedreira ao deferir o pedido de antecipação de tutela.

Amado Batista, que possui um patrimônio avaliado em cerca de R$ 800 milhões, incluindo uma fazenda com diversas instalações, tem a capacidade financeira de pagar a pensão. Durante o relacionamento, Layza recebeu uma mesada de R$ 10 mil, além de viver uma vida de luxo proporcionada pelo cantor.

Reações e Expectativas

(Amado Batista | Foto: Divulgação)
(Amado Batista | Foto: Divulgação)

A revelação de Layza Felizardo sobre o fim traumático do relacionamento e as acusações de violência e abandono geraram comoção e indignação entre os fãs e o público. Muitos expressaram apoio a Layza e condenaram as supostas atitudes de Amado Batista.

“É triste ver alguém passar por isso, especialmente quando há uma diferença de poder tão grande. Espero que a justiça seja feita,” comentou um seguidor nas redes sociais. Outro acrescentou, “Ninguém merece ser tratado assim. Força, Layza!”

Conclusão: Uma História de Dor e Luta por Justiça

O drama vivido por Layza Felizardo após a separação de Amado Batista destaca a importância de se discutir e combater a violência doméstica em todas as suas formas. A batalha judicial por pensão e reconhecimento de união estável continua, com a esperança de que Layza consiga reconstruir sua vida e obter justiça.

“Eu falei de ansiedade e chifres porque foi isso que eu ganhei,” disse Layza, referindo-se às traições que afirmou ter descoberto durante o casamento. Sua história é um lembrete doloroso dos desafios que muitas mulheres enfrentam em relacionamentos abusivos e da necessidade de apoio e proteção para todas.

Share.