Ex de Luciano Camargo detona o cantor “Casou 4 vezes e não saiu do armário”

Cleo Loyola, a primeira esposa do cantor Luciano Camargo, voltou a falar sobre a sexualidade do cantor durante live em seu Instagram

A missionária Cleo Loyola, voltou a atacar Luciano Camargo esta semana durante uma live que promoveu em seu Instagram. Durante a conversa, ela que é mãe do primeiro filho do cantor voltou a insinuar que o irmão de Zezé Di Camargo é Gay. “Casou 4 vezes não saiu do armário ainda né porque é amargurado e cheio de ódio” declarou durante a transmissão.

Em 2015 a missionária chegou a afirmar que o cantor mantinha relacionamento com homens enquanto eles eram casados.

Para colocar mais lenha na fogueira, a ex-mulher do cantor voltou a afirmar nas redes sociais que Luciano Camargo é gay. “Quando ele era casado comigo, tinha casos com vários homens. Goiânia inteira sabia disso.” Postou Cléo.

A ex-mulher do cantor chegou a afirmar nas redes sociais que Luciano havia se relacionado com travestis enquanto ainda era casado com ela “Olha A verdade aí gente sempre teve casos com travestis! Gays, bom resumindo essa é verdadeira face de Luciano Camargo” Postou Cléo.

Não é a primeira vez que a ex-mulher de Luciano Camargo faz estas acusações, em 2005 logo após o lançamento do filme “2 Filhos de Francisco” ela foi a TV acusar o seu ex-marido de traição com outro homem.

Leia Também:

Jornalista denunciou escândalos sexuais de Zezé Di Camargo e Luciano

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Zezé e Luciano – A Reportagem Proibida” é um livro emblemático da jornalista Edna Santos e relata a face cruel da dupla sertaneja Zezé Di Camargo e Luciano, ainda desconhecida pela maior parte da população brasileira.

Em conversa com o Movimento Country, a autora do livro contou os detalhes da produção, que foi censurada ainda no ano de 2006, sendo retirado de todas as livrarias e teve todas as promoções nos jornais da época recolhidas.

Edna Santos comenta a trama do livro: “Nele eu revelo os bastidores da trama armada pela dupla para me jogar numa prisão em São Paulo, onde fui acusada de extorsão. O livro prova a minha inocência e esclarece que a história começou quando denunciei Luciano por dar um tapa na cara de um flanelinha no centro de Goiânia”.

“Na época, eu não aceitei o dinheiro que ele me ofereceu para abafar o caso e acabei publicando a matéria. Foi quando uma frase que eu escrevi gerou revolta na dupla sertaneja: ‘Pela selvageria do cantor (Luciano), ele parecia um bissexual não assumido’ “, confessa a jornalista.

Tal declaração polêmica ardeu na ferida de Luciano Camargo, que já foi acusado diversas vezes, pela ex mulher, de manter relações homossexuais com outros caras e até de usar suas calcinhas, quando foi envolvido em um verdadeiro escândalo sexual.

Agora, segundo a jornalista, “A Reportagem Proibida”, que conta as facetas cruéis de Zezé Di Camargo e Luciano, foi liberado pela justiça para a venda após mais de dez anos da censura. A capa da obra traz a releitura de uma foto de Luciano, ainda jovem, beijando uma travesti, mesma foto divulgada pela sua ex mulher, Cleo Loyola, nas redes sociais.