Depois de cair no choro, Felipe Araújo expõe a verdade sobre a tragédia com Cristiano Araújo

Felipe Araújo se emociona ao recordar do seu irmão, Cristiano Araújo, morto em 2015 (Foto: Arte Movimento Country)
Felipe Araújo se emociona ao recordar do seu irmão, Cristiano Araújo, morto em 2015 (Foto: Arte Movimento Country)

Felipe Araújo não segurou a emoção ao relembrar do seu irmão Cristiano Araújo que morreu em um trágico acidente no interior de Goiás

O cantor sertanejo Felipe Araújo caiu no choro e não segurou a emoção ao relembrar ser seu irmão, Cristiano Araújo, que morreu em 2015 em um grave acidente, deixou milhares de fãs em todo o Brasil

O artista recordou dos conselhos que ganhava do irmão. “Quantas vezes ele puxou minha orelha e me ensinou a ser exatamente como sou hoje“, e ainda declarou ‘Live do Cristiano ia bater todos os recordes’

“‘Imagina se tivesse hoje uma live do Cristiano Araújo?’, fico pensando as mesmas coisas que vocês. Tenho certeza que seria a mias bombada de todas. Além de ser um baita de um cantor, um baita de um músico, ele era a pessoa mais engraçada que já conheci na vida“, apontou Felipe. “Era a pessoa mais gente boa, carismática. A live dele ia bater todos os recordes“, completou.

O artista também resolveu falar sobre a polêmica que envolve Cristiano Araújo e o polêmico texto feito pelo jornalista Zeca Camargo na época em que seu irmão, Cristiano Araújo , morreu vítima de um acidente de carro em 2015. Na ocasião o apresentador do “É de Casa”  questionou a grande repercussão do caso, dando a entender que seria algo um pouco exagerado.

Eu deleto o que o Zeca Camargo fez. Aquele texto, que de certa forma foi desrespeitoso, era uma opinião dele. Eu o perdoo, porque acho que foi um momento de infelicidade. Todo o mundo está propenso a cometer erros, e ele cometeu um erro que foi grave, mas foi um erro. Não estou aqui para julgar ninguém. Não estou aqui para apontar o dedo na cara de ninguém nem falar que a pessoa está errada. Também erro bastante”, declarou Felipe Araújo ao colunista Léo Dias, do UOL.

Recentemente a família do cantor Cristiano Araújo se surpreendeu com a alta dívida do cantor descoberta após sua morte. De acordo com a notícia divulgada pelo programa Fofocalizando, o cantor não teria acumulado grandes riquezas. A fortuna de Cristiano não chegaria aos quatro milhões de reais. Além disso, o inventário do cantor não estaria completo, pois ele deixou dívidas.

Com o espólio do cantor ainda não finalizado, os filhos de Cristiano Araújo recebem uma pensão de aproximadamente R$4 mil reais. O valor é pago com dinheiro recebido pelos royaltes pagos pelos direitos autorais do cantor.

De acordo com o programa a família de Araújo teria ficado frustrada, já que os valores deixados pelo músico seriam bem menores do que a maioria acreditava.

Além dos imóveis, Cristiano Araújo deixou dois carros e um seguro de vida no valor de R$ 100 mil que foi dividido entre os dois filhos. As duas crianças são sustentadas pelas mães, elas também recebem cerca de R$ 4 mil pelos direitos autorais das músicas do cantor, esse valor pode variar todo mês já que depende do repasse do ECAD“, foi informado pela atração do SBT.

Felipe Araújo é detonado por radialista em Goiânia

O cantor sertanejo Felipe Araújo ficou conhecido pelo grande público em 2015, após a trágica morte do seu irmão Cristiano Araújo. Ela já tinha escrito algumas canções que foram gravadas pelo seu irmão, mas estava longe dos holofotes quando tudo aconteceu.

Para quem não lembra, Felipe Araújo gravou seu primeiro DVD em Goiânia dois meses após a morte do seu irmão. Aproveitando da comoção de alguns artistas, garantiu na ocasião a participação de alguns nomes de peso como Jorge e Mateus, Henrique e Juliano e Simone e Simaria.

Na época a produção do evento ficou por conta do seu pai, João Reis, que inclusive convidou a equipe do Movimento Country para acompanhar a gravação do DVD, mas desconvidou logo após as duras críticas feitas por nós em relação ao “oportunismo” da ocasião em promover Felipe às sombras da tragédia que havia comovido o Brasil meses antes.

Mas agora, sete anos após a tragédia, mais uma polêmica veio à tona, desta vez através do podcast Kalilla Cast, apresentado por Roberto Kalilla e pela locutora Patrícia. No episódio que foi ao ar esta semana, o apresentador de TV João Oliveira revelou que Felipe Araújo, proíbe que pessoas falem do seu irmão durante as entrevistas que são realizadas: “Eu fiquei muito triste, ele tem que entender que ele é Felipe Araújo por causa de Cristiano. Se não fosse o Cristiano ir embora exatamente ninguém ia saber quem era ele”, disparou.

De acordo com o apresentador, Felipe exige que não façam comparações ao trabalho do irmão, e sequer gosta que cite o trabalho de Cristiano Araújo nas entrevistas: “Tem coisas na vida que a gente tem que ter gratidão, mas depois que Cristiano partiu rapidamente foram gravar um DVD lá, os caras estavam tão emocionados ainda que, a partir do Cristiano, Henrique e Juliano, Jorge e Mateus que eram dos outros escritórios, foram todo mundo cantar com ele. Falta hoje isso: ele entender que ele é o irmão do Cristiano Araújo”, detonou.

Assista a entrevista:

lytics>
Criador e fundador do Movimento Country. Radialista e Publicitário