Felipe Araújo emociona com homenagens à Cristiano Araújo

0 643

Felipe Araújo se emocionou durante seu show após homenagem ao seu irmão Cristiano Araújo e à Gabriel Diniz

O show do cantor sertanejo Felipe Araújo na Festa do Peão de Americana, realizado nesta última sexta-feira (21), foi marcado por lembranças, homenagens e muita emoção. O músico falou sobre a saudade que sente do irmão Cristiano Araújo.

“A saudade que vocês sentem está estampado no rosto de cada um. Em nome da minha família, eu quero agradecer a todos vocês. Enquanto eu tiver voz, prometi que nunca deixaria as pessoas se esquecerem de quem foi Cristiano Araújo. Uma salva palmas para o Cristiano e para a Allana”, disse, no palco, o sertanejo Felipe Araújo, em referência ao irmão e a namorada, que faleceram em um acidente automobilístico.

Ainda no show, Felipe relembrou do Gabriel Diniz, que morreu no mês passado em um acidente de avião. O cantor tinha um show marcado no local no mesmo dia: “Hoje era para ser um dia muito especial, era o show de um dos melhores amigos que eu já fiz na música e na vida. Ele ia tocar aqui, mas a gente não sabe o que acontece nessa vida, mas Deus sabe de todas as coisas”, disse.

O cantor Felipe Araújo usou suas redes sociais nesta quinta-feira (20) para postar um #tbt ao lado do seu irmão, Cristiano Araújo, que morreu após um acidente de carro em 2015.

No Instagram o sertanejo contou que teve um sonho com o Cristiano, e aproveitou o post para lamentar a saudade que tem dele. No próximo dia 24 completará quatro anos que o cantor faleceu. 

Felipe Araújo fala sobre seu filho

Felipe Araújo, que já emplacou inúmeros hits na boca da galera como ‘Atrasadinha’, ‘Amor da Sua Cama’ e ‘A Mala é Falsa’, como qualquer ser humano, apesar de estar no auge, sente falta de uma coisa simples: tempo para ficar com o Miguel, fruto de seu relacionamento com a psicóloga, Caroline Marchezi.

VEJA TAMBÉM: Ouça os maiores sucessos da música sertaneja no Spotify

Em conversa com o site do ‘Só Toca Top‘, da Rede Globo, Felipe Araújocomentou um pouco da semelhança do filho e disse que o bebê leva jeito para a música: “É a realização da minha vida, com certeza. Ele se parece comigo. Um dia, ele começou a meio que ‘cantar’ no tom de uma música que tinha no brinquedo dele. Achei muito lindo. Acho que ele vai ser cantor, ou vai mexer com música, se Deus quiser”, disse o sertanejo.

Em meio a rotina intensa, fica difícil arranjar um tempinho para ficar com o bebê. O cantor conta que, quando não está trabalhando procura estar com Miguel: “Sinto saudades dele, inclusive, porque ele mora em Vitória e eu moro em Goiânia. E fico na correria, fazendo shows quase todos os dias. Nos dias de folga, quase não vou mais para Goiânia, fico em Vitória para ficar junto com ele”.

Deixe uma resposta