Festivais de música são cancelados por falta de público

0 623

Ingressos do ‘Festeja’ em Recife encalham, mas Globo mantém o festival. Outros festivais são cancelados no resto do Brasil

De acordo com o Jornal O Dia, o Grupo Globo parece estar enfrentando problemas não só dentro da telinha, mas fora dela também.

Seu braço de eventos, responsável, por entre outros shows, pelo Festeja, está com grandes dificuldades para vender ingressos de sua edição de Recife, prevista para 4 de maio, no Centro de Convenções da cidade. Com Zé Neto e Cristiano, Marília Mendonça, Gabriel Diniz, Jonas Esticado, Dorgival Dantas, Ludmilla e outros nomes, a festa não emplaca. Os organizadores locais têm roído as unhas de apreensão pela falta de ingressos vendidos.

De acordo com a coluna, os organizadores garantem que não há a menor chance do evento não acontecer. “Nem que sejam dados ingressos, mas o evento acontecerá”, conta um produtor, que afirma que a parceria da Globo com a WorkShow — empresa que executa a produção do Festeja — continua firme e forte no país inteiro. Procurada, a assessoria do evento optou por não se pronunciar sobre o assunto.

O fim do Country Festival

Marília Mendonça no Country Festival
Marília Mendonça no Country Festival

Outro festival que não deverá acontecer em 2019 é o Curitiba Country Festival, que foi o pioneiro entre os festivais de música sertaneja tendo a sua primeira edição realizada em 2007 reuniundo Bruno e Marrone, Cesar Menotti e Fabiano e Edson & Hudson. O evento foi realizado graças a união das empresas Word Show e Cwb Brasil.

Há algum ano os organizadores perderam a mão na programação do evento, que reunia os maiores cachês sertanejos da atualidade cedendo espaço para diversos gêneros como pagode, funk e axé, causando a rejeição do público e desconfigurando a ideia sertaneja que era de reunir apenas os maiores nomes da música sertaneja.

O maior erro dos organizadores aconteceu em 2015 ao definir a volta do Country Festival para a Pedreira Paulo Leminski, com um público reduzido pela metade, atrações até as 23:00hs e open bar. Esta edição marcou o início do fim melancólico de um dos mais tradicionais eventos sertanejos realizados no Brasil

Deixe uma resposta