Filhos de Gusttavo Lima são diagnosticados com doença e afastados da escola

Andressa Suita, esposa de Gusttavo Lima, tomou atitude drástica após os filhos ficarem doentes e afastou as crianças da escola

Não existem mais dúvidas de que Gusttavo Lima e Andressa Suita estão juntos novamente, inclusive nas últimas semanas fizeram uma viagem romântica pela Europa em um jatinho avaliado e R$ 250 milhões, onde o cantor sertanejo também realizou alguns shows. Agora de volta ao Brasil, o casal se deparou com uma situação delicada com os filhos ao descobrirem uma doença.

Nesta segunda-feira (14), Andressa Suita apareceu em seu Instagram para contar que Gabriel e Samuel, seus filhos com Gusttavo Lima, foram diagnosticados com virose: “Meu mundo! Aqui temos dois bebês com virose… mas estão bem”, disse ela em uma foto, seguida de outra dando suco verde aos filhos para reporem os nutrientes: “Pra ficar bem logo”, legendou.

Logo depois, a influenciadora apareceu para conversar com fãs e dizer que optou por afastarem as crianças da escola até que estejam melhores, da mesma forma que fez no último mês após eles serem diagnosticados com gripe, o que levou muitos fãs a acharem que eles estavam até com Covid:

“Mães relataram que estão passando pelo mesmo que eu. Mas é assim mesmo, início da vida escolar é virose, é gripe, até o corpinho pegar a imunidade necessária para parar com tudo isso”, encerrou a esposa de Gusttavo Lima garantindo que os filhos estão bem.

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

Leia Também:

PATROCINADO

Gusttavo Lima processa empresa por uso indevido de imagem

Gusttavo Lima
Foto: Reprodução

Gusttavo Lima está processando uma empresa por uso indevido de marca e imagem na venda de centenas de produtos com o seu rosto. Recentemente, ele processou uma marca de chapéus pelo mesmo motivo e venceu. O Movimento Country teve acesso exclusivo a documentos que indicam que Gusttavo Lima está movendo uma ação contra uma empresa por uso indevido de imagem em 258 produtos que levam o nome, foto e marca do cantor.

O processo já corre há alguns meses e, tanto o site que comercializa os produtos quanto a empresa que os produz foram notificados extrajudicialmente nos dias 10 e 11 de fevereiro de 2022 com a ordem de cessar em 24 horas a execução, produção e comercialização dos produtos com a sua imagem e marca, o que não aconteceu.

Dessa forma, representantes de Gusttavo Lima entraram com medidas rigorosas na Justiça e tiveram uma liminar favorável do juiz responsável, que determinou  a paralização imediata da fabricação e comercialização dos produtos, sob pena de multa diária de R$ 1.000,00 pelo descumprimento da ação. Além disso, foi deferida a busca e apreensão de todos os produtos já fabricados que fazem o uso indevido de imagem do cantor sertanejo.

No processo, Gusttavo Lima ainda cobra uma indenização por uso indevido de imagem não inferior a R$ 10 mil, que deve ser julgado pelo juiz responsável assim que a empresa apresentar resposta sobre o caso de maneira formal na Justiça.