Ícones do sertanejo raiz sobem ao palco do Terra da Padroeira neste domingo

O auditório da TV Aparecida, templo da música sertaneja, vai receber mais uma seleta lista de artistas no domingo (28), às 9h no programa Terra da Padroeira

Os apresentadores Kleber Oliveira, Tonho Prado e Menino da Porteira comandarão mais um show ao vivo. Entre as atrações estão as seguintes duplas: Marcelo Viola e Ricardo, Carlito e Baduy , Flavio Di Paula e Isaías, e Matheus Minas e Leandro. E o quadro “Cabine de Sombra” terá a participação de um convidado surpresa.

VEJA TAMBÉM: Confira a programação oficial de Barretos 2019

Conheça um pouco sobre cada atração:

Marcelo Viola e Ricardo

Marcelo Viola é músico, autor, compositor e produtor. Paulistano, ele se inspirou, desde cedo, nos programas sertanejos das rádios. Na ocasião, o expoente nesse estilo de música era o violeiro Tião Carreiro. Orientado pelo pai, um mestre e amante da viola, Marcelo começou a estudar o instrumento. Gravou o primeiro disco aos 17 anos: “Uma Viola que Fala”. Ricardo é músico, cantor e compositor. Em 1990, dedilhava, por hobby, as primeiras notas no violão. Esforçado, conciliava sua atividade de bancário com a de músico. Foi assim, com empenho e muito trabalho, que passou a apresentar-se em badaladas casas noturnas da época. Anos mais tarde, Ricardo conheceu Marcelo e estava criada a dupla. Um dos grandes sucessos da dupla é o hit “Na Boca das Muié”. Marcelo, além de formar a dupla com Ricardo, continua sua atividade como músico e produtor em estúdios de gravação e dedica-se à música instrumental.

Carlito e Baduy

Mauril Leal de Paula (Carlito), nasceu em Frutal (MG), e até os 20 anos trabalhou na lavoura. Aos cinco anos começou a cantar ao lado de um irmão; com sete já tocava viola; com 15 começou a aprender tocar violão. Carlito deixou a fazenda e foi trabalhar em Furnas. Em Goiânia, fez algumas duplas que não vingaram. Daí conheceu Jerônimo Divino Tomaz, formando a dupla Crioulo e Carlito, que gravou dois discos, desfazendo-se em seguida. Carlito passou a viajar como empresário de Os Filhos de Goiás e, posteriormente, cantou algumas vezes com Tião Carreiro. Em 1975, Carlito fixou parceria com Baduy, nascido em Itumbiara (GO) e ex-trabalhador rural e ex-caminhoneiro. Entre os sucessos da dupla, que gravou mais de 20 discos (entre LPs e CDs) e 3 DVDs nos 40 anos de carreira, estão: “Cachoeira de Lágrimas”, “Primavera de Amor”, “Mulher Sempre Mulher”, “Nos Braços da Morena” e “Nosso Amor Não Vale Nada”.

VEJA TAMBÉM: Ouça os maiores sucessos da música sertaneja no Spotify

Flavio Di Paula e Isaias

Os irmãos Flavio (vocal) e Isaias (vocal e violão) são de Aparecida(SP). Flavio gostava de cantar e sempre se destacou nas rodas de viola com amigos. Isaias já tocava cavaquinho aos 11 anos, mas foi no violão que encontrou sua identidade. Após anos de apresentações em barzinhos e outros lugares, e com incentivo dos irmãos e amigos, resolveram dar início à realização de um grande sonho, a gravação do 1º CD, que foi concretizado em 2013. A banda que os acompanha é composta por grandes músicos. O repertório passa pelo sertanejo universitário, forró e moda de viola.

Matheus Minas & Leandro

Os mineiros sentiram que a parceria iria longe e decidiram unir suas violas profissionalmente. O entrosamento foi imediato e logo veio o primeiro CD de Matheus Minas & Leandro “O Amor, Você e Eu”, com regravações de músicas consagradas. E já são mais de 10 anos na estrada. A dupla tem em sua lista de sucessos as músicas “Jeito de Menina”, “Gamadinha”, “Amizade Colorida”, “Vou Dormir na Rua”, “Os Bar Tirô” e “Diferenciada”.

Os comentários estão fechados, mas trackbacks E pingbacks estão abertos.