Boicotado por fãs no “Cabaré”, Leonardo cobra R$ 250 mil por show e surpreende com valor

Leonardo está na mira dos fãs após anunciar Bruno e Marrone como substitutos de Eduardo Costa no “Cabaré“, mas o valor do seu cachê vai de vento em popa

O cantor sertanejo Leonardo viu seu nome ser envolvido em algumas polêmicas na última semana assim que anunciou a gravação do DVD “Cabaré” com Bruno e Marrone. Nos comentários do anúncio no Instagram da Talismã, alguns fãs boicotaram o projeto e pediram a volta de Eduardo Costa, algo que ambos já declararam que não vai acontecer.

Embora o “Cabaré” tenha um alto valor comercial, com um dos maiores cachês sertanejos da atualidade, Leonardo sozinho não fica atrás e cobra um bom preço pelas suas apresentações. Prova disso é um show do cantor sertanejo na cidade de Orindiúva, a 88 km de São José do Rio Preto (SP), que custou exatamente R$ 250 mil.

Segundo informações do jornal Diário da Região, a cidade, de pouco mais de 7 mil habitantes, vai receber o show de Leonardo e da banda Raça Negra (que cobra R$ 215 mil) nos dias 19 e 20 de março, próximo fim de semana. Os cantores irão celebrar o aniversário da cidade, que completa 57 anos, e o evento será gratuito para o público.

Há anos, Leonardo vem repaginando a sua imagem junto à música sertaneja. O cantor é um dos mais amados da ‘antiga geração’ e faz sucesso estrondoso até hoje com seus shows, principalmente com o “Cabaré”, que é o queridinho dos contratantes pela junção com outros astros do sertanejo.

Embora o seu cachê solo não seja tão grande quanto o do seu projeto com Bruno e Marrone, Leonardo vem surpreendendo com os altos valores pagos pelos contratantes, mesmo nos eventos menores, como é o caso desse cachê de R$ 250 mil. Em outras ocasiões de eventos maiores, certamente seu cachê sofre um bom aumento.

Leia Também:

PATROCINADO

Fãs pedem a volta de Eduardo Costa no “Cabaré”

(Foto: Reprodução/Internet)
(Foto: Reprodução/Internet)

Após a saída de Eduardo Costa do “Cabaré”, outros nomes passaram a ocupar o espaço do cantor sertanejo no projeto, como Gusttavo Lima e a própria Marília Mendonça, mas foi com Bruno e Marrone que o novo “Cabaré” foi para frente: A dupla sertaneja foi anunciada como atração do projeto ao lado de Leonardo em uma participação no Fantástico, onde o pai do Zé Felipe aproveitou para mandar um recado ao ex amigo.

No entanto, o prestígio de Leonardo e Bruno e Marrone logo foi se desfazendo com o público, principalmente após as polêmicas da live “Cerveja Cabaré”, onde Bruno encheu a cara e passou a humilhar Marrone, o que gerou um climão insuportável e deu margem para boatos de que a dupla estava desgastada.

Agora, com o anúncio da gravação do novo DVD do “Cabaré” no mês de abril, que terá investimento milionário de Leonardo e Bruno e Marrone, os fãs começaram a boicotar o projeto e pedir a volta de Eduardo Costa, alegando que o cantor sertanejo foi injustiçado ao ficar de fora do projeto que ele diz ter criado.

Na postagem oficial do Cabaré, no perfil da Talismã no Instagram, dezenas de seguidores demostraram seu descontentamento com o projeto: “Corta o álcool do Bruno”, “Só não deixem o Bruno beber para não estragar o evento”. “Cabaré sem Eduardo Costa, não é Cabaré”, “Cabaré é Leonardo e Eduardo Costa”, foram apenas alguns dos comentários deixados pelos seguidores nas postagens.