Luan Santana dá passos importantes rumo à carreira internacional e recebe assessoria especial

Natural de Campo Grande (MS), Luan Santana marcou sua geração ao começar a sua carreira logo cedo inspirado em Justin Bieber

Pouca gente sabe, mas o pisciano Luan Rafael Domingos Santana, nome completo de Luan Santana, nascido no dia 13 de março, nunca colocou limites para os seus sonhos, principalmente quando aos 14 anos decidiu seguir a carreira na música querendo mudar a vida da sua família.

Misturando pop com sertanejo e se inspirando em Justin Bieber, o astro mundial que arrebatou multidões aos 16 anos de idade com a música “Baby”, o filho do Amarildo gravou sua primeira música ainda em fita K7: “Falando Sério”.

Mas o Gurizinho (seu primeiro nome artístico) mal poderia imaginar que logo em seguida  seria “Tô de Cara” que abriria a porta das rádios de todo o Brasil, e conquistaria uma legião de fãs. Em pouco tempo, Luan Santana conquistou uma carreira meteórica (desculpem, é impossível falar do Luan sem fazer o trocadilho com uma das músicas mais tocadas da década passada, “Meteoro”).

Com o sucesso e reconhecimento, Luan Santana passou por várias transformações na carreira. Fez um CD temático “1977” que faz referência ao ano de criação do Dia Internacional das Mulheres e contou com participações de Ivete Sangalo, Sandy entre outras mulheres influentes.

Os investimentos milionários passaram a fazer parte dos seus trabalhos seguintes. O DVD “Viva”, gravado na Bahia, contou com uma mega estrutura e coroou os hits “Motel Paraíso” e “Quando a Bad Bater” nas plataformas de streaming e rádios de todo o Brasil.

Apesar de tanto sucesso, foi na pandemia que Luan Santana mostrou toda a sua versatilidade. Acusado várias vezes de ter abandonado sua essência sertaneja, passando a ser rotulado como cantor pop, o artista produziu um novo álbum em sua chácara. Intitulado “Família Santana”, o projeto que resgatou grandes sucessos da música sertaneja como  “Minha Estrela Perdida”, “Por te Amar Assim” e muito mais.

Leia Também:

Carreira internacional: A que passo está Luan Santana?

(Foto: Caio Mayer)
(Foto: Caio Mayer)

A partir da pandemia, Luan Santana passou a se preparar para uma carreira internacional. Com mais de 10 anos de estrada em um histórico bem-sucedido, o cantor trocou de gravadora. Deixou a Som Livre e migrou para major multinacional Sony Music, que lhe daria uma maior visibilidade fora do país.

O sertanejo mudou a postura, o seu visual adotou trajes mais maduros e despojados, inspirado no popstar internacional Shawn Mendes, sendo comparado até com o astro John Mayer, e agora está sendo assessorado por profissionais experientes na gestão de carreira internacional.

Luan vive e respira música. A cada dia ele prova que nasceu para ser um popstar, e ele tem consciência dos caminhos que ele deve seguir daqui pra frente. O cantor sertanejo está se aperfeiçoando em idiomas, e seu primeiro foco deverá ser o mercado latino-americano.

Pensando nesse mercado, as primeiras faixas para o mercado global deverão ser em espanhol, a segunda língua mais falada do mundo. Talvez o “Gurizinho” possa conquistar os países que já foram dominados por astros como Rick Martin, Prince Roy, Henrique Iglesias e Shakira, e isso é o que almejamos.

Estes cantores latinos conquistaram o mundo e foram premiados diversas vezes em diferentes países, acumularam uma verdadeira fortuna e colecionam um número incalculável de fãs por onde passam. Aqui no Brasil, muita gente aposta que Luan será o novo Roberto Carlos, inclusive especialistas falam sobre essa comparação.

Será que o sul mato-grossense será o próximo cantor brasileiro a conquistar fãs de outro idioma? Pelo histórico é bem provável que sim!