Mãe de Marília Mendonça faz revelação bombástica sobre filho da cantora sertaneja

Dona Ruth, mãe de Marília Mendonça, foi entrevistada por um podcast, em que revelou informações surpreendentes a respeito de Léo, filho da sertaneja.

Mais de um ano da morte de Marília Mendonça por uma queda de um avião bimotor, que chocou e ainda lastima todo o Brasil, não só pela idade muito jovem da artista – que morreu com 26 anos de idade – e pela sua ascensão na música sertaneja, mas sim pela cantora ter deixado seu filho, Léo, com um pouco mais de 1 ano de vida na época.

É uma dor irreparável a perda de um ente querido. Agora, com 3 aninhos, Léo está vivendo uma infância absolutamente normal, com brincadeiras, treinos de futebol e primeiros dias de escolinha. Porém, pela sua idade muito nova ainda, a mãe de Marília Mendonça, Ruth Moreira, conhecida na internet por Dona Ruth, fez uma revelação que pegou todos de surpresa.

A um podcast, Dona Ruth disse que Léo ainda não sabe da morte de sua mãe, Marília Mendonça, por ele ser muito “novo” para entender o que é morrer e o que é viver. Além disso, a mãe da Rainha da Sofrência acrescentou que isso deve ser feito junto com acompanhamento psicológico, mas é muito cedo para sua idade.

“Ele não entende o que é morte. Acho que isso vai ter que ser [feito] com psicólogo, pra não bagunçar a cabeça dele. Ele ainda tá pequenininho. Se a gente fosse procurar psicólogo agora seria só pra brincar com ele. Não é por agora que a gente quer [fazer isso]”, disse a mãe de Marília ao podcast.

Dona Ruth no podcast. (Foto: Reprodução/ YouTube)
Dona Ruth no podcast. (Foto: Reprodução/ YouTube)

“Ele dorme comigo e fala: ‘Vovó, fica com o Leo’. Eu falo: Por quê? Você tá com medo?’. Ele fica triste, mas não sabe se expressar”, complementou Dona Ruth, que disse que o filho da cantora sertaneja ainda está aprendendo as emoções e como se expressar com elas.

Nesse mesmo podcast, a mãe de Marília Mendonça revelou que o filho da cantora com o compositor e cantor sertanejo Murilo Huff desenvolveu diabetes tipo 1, pela ausência de Marília na vida do garoto, que sente falta da mãe.

Porém, segundo o R7, que entrevistou o endocrinologista Luiz Turatti, do Hospital Moriah, esse tipo de diabetes não se origina por questões emocionais, mas pode ser piorado por estas questões:

“Diabetes emocional é um termo errôneo. O diabetes tipo 1, como o do filho de Marília Mendonça, é uma doença autoimune, que tem seu surgimento associado a condições genéticas. Mas, assim como com infecções, episódios emocionais podem acelerar o processo de desencadeamento da doença e de seu diagnóstico”, disse o endocrinologista Luiz ao R7, sobre o diabetes que o filho de Marília Mendonça tem.