Início Sem categoria Marília Mendonça alcança feito inédito com Leão no Spotify

Marília Mendonça alcança feito inédito com Leão no Spotify

Foto do momento exato do acidente que matou Marília Mendonça é divulgado (Foto: Reprodução/Metrópoles/YouTube)
Foto do momento exato do acidente que matou Marília Mendonça é divulgado (Foto: Reprodução/Metrópoles/YouTube)

Seu projeto póstumo “Decretos Reais” vem rendendo ótimos frutos a Marília Mendonça, que nos faz sentir cada vez menos sua perda

Anos passam e Marília Mendonça sempre será um sucesso! Somando mais de 9 bilhões de streamings no Spotify – sendo a única mulher a ficar entre os 10 artistas mais tocados na plataforma e nas rádios – e 17 bilhões de visualizações no YouTube em dezembro de 2022, Marília acumula feitos inéditos em sua discografia, mesmo não estando mais presente.

O lançamento da versão solo “Leão”, cantada por Marília Mendonça na live Serenata em 2021, impulsionou mais seu nome, recentemente, ficando no Top 1 nacionais do Spotify e detendo o título de música em português com maior número de reproduções no período de 24 horas, registrando 2,1 milhões de plays dentro do período.

Agora, “Leão”, do álbum “Decretos Reais Vol. 2”, está na mais cobiçada lista dos charts globais do Spotify, na 55ª colocação. Vale destacar que a nova versão solo cantada por Marília foi disponibilizada em todas as plataformas de áudio e música praticamente no fim de dezembro do ano passado. Definitivamente, Lauana Prado realmente estava correta em sua colocação, denominando-a como a “maior representante ainda” do feminejo.

Justiça nega herança para ex-empresario de Marília Mendonça (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Além desta faixa, outras cinco parcerias compõe o segundo volume do EP: Pra falar a verdade (Daniel), Morango do nordeste (Lairton dos teclados), Café da manhã (Roberto Carlos), Nem é bom lembrar (Zezé di Camargo & Luciano) e Uma vida a mais (Maiara & Maraisa).

Marília Mendonça deixou mais 324 músicas e 391 gravações suas e de parceiros cadastradas, segundo o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), sendo que 98 delas nunca foram lançadas nem por Marília e nem por outros artistas. Ou seja, veremos ainda mais da Rainha do Sertanejo por aí, seja músicas autoriais ou parcerias com outros artistas.

Além dos números grandiosos a cantora sertaneja foi a única mulher a ficar entre os 10 artistas mais tocados no ano passado nas rádios Brasileiras. De acordo com relatório divulgado na época, ela atingiu o sétimo lugar com 2,3 milhões de execuções.

Marília Mendonça, um nome forte na história da música sertaneja e que faleceu aos 23 anos em um acidente de avião, segue batendo recorde atrás de recorde. Em 2022, a eterna ‘Rainha da Sofrência’, que está na lista das 10 cantoras que mudaram a história da música sertaneja, foi a única artista feminina entre os dez mais ouvidos nas rádios brasileiras.

lytics>