Marília Mendonça ultrapassa Anitta com hit “Leão”

A primeira live sertaneja de Marília Mendonça ultrapassou a marca de 3 milhões de espectadores simultâneos
(Foto: Reprodução Instagram)

Fazendo parte do segundo volume do seu álbum póstumo “Decretos Reais”, Marília Mendonça alcançou récorde de Anitta no Spotify.

Mais um episódio da série “Feitos de Marília Mendonça com o hit ‘Leão’ foi mostrado ao público no último sábado (21), provando o porquê da cantora sertaneja, mesmo depois de sua morte em 2021, é detentora do título de Rainha da Sofrência. O novo feito com “Leão”, agora, fez passar marca que antes a Anitta tinha em suas mãos.

No Spotify, a versão solo da música cantada por Marília Mendonça que teve sua mansão milionária luxuosa vazada na internet – na live Serenata – que originalmente é cantada por Xamã com a participação da Rainha da Sofrência em seu álbum “12 signos” – tornou-se a música com maior streams (reproduções) em uma única semana nas paradas dentro da maior plataforma da música e áudio existente.

O feito, como mencionado antes, pertencia a Anitta, estrela brasileira em grande ascensão internacionalmente. A música, em questão, era “Envolver”, que contribuiu para que a cantora fosse conhecida mundialmente: não só pelo hit que virou trend das redes sociais – com direito a dancinha viral – mas também pela sua indicação ao Grammy 2023 por essa performance na categoria ‘Artista Revelação’.

Quais são as melhores parcerias de Marília Mendonça? (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Bem, somete com o hit “Leão”, Marília Mendonça conseguiu voltar ao Top 1 do Spotify, virou dona da música em português com maior número de reproduções no período de 24 horas – com mais de 2 milhões de reproduções na plataforma de música – e entrou na lista global na posição 55ª dos charts mundiais – em pouco tempo, já que o hit foi disponibilizado em dezembro do ano passado.

Além disso, Marília Mendonça somou mais de 9 bilhões de streamings dentro do Spotify e mais de 17 bilhões de visualizações no canal da cantora sertaneja na plataforma de vídeos YouTube, foi a artista musical mais consumida pelo público no ano de 2022 no Spotify e também nas estações de rádio brasileiras, e teve sua música “Mal Feito” – em que participou com a dupla Hugo & Guilherme – como a música mais tocada do ano.

“Pra Falar a Verdade” (Daniel), “Morango do Nordeste” (Lairton dos teclados), “Café da Manhã” (Roberto Carlos), “Nem é Bom Lembrar” (Zezé di Camargo & Luciano) e “Uma Vida a Mais” (Maiara & Maraisa) são outras regravações que a cantora e compositora cantou na live e estão disponíveis no álbum “Decretos Reais Volume 2”.

Vale ressaltar que a Marília Mendonça deixou mais 324 músicas escritas e 391 gravações suas e/ou parceiros cadastradas, de acordo com estimativas do Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad). Entre estes números altos, 98 músicas nunca foram lançadas nem por Marília e nem por outros artistas, fazendo com que ainda a cantora sertaneja esteja conosco e exerça sua posição de direito, como a a Rainha do Feminejo e da Sofrência.

lytics>
Estudante de Jornalismo (até novembro de 2023). Redator multieditorial do Movimento Country. Dê uma olhada nas minhas redes sociais!