Um trágico acidente marcou o rodeio Fátima Fest, realizado em Fátima do Sul, Mato Grosso do Sul, quando o peão Fabiano Pinheiro Rocha, de 35 anos, perdeu a vida após ser pisoteado por um touro

Fabiano estava competindo quando o acidente ocorreu. De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele foi atingido no pescoço e no peito pelas patas traseiras do touro após cair do animal. Mesmo após o impacto, Fabiano conseguiu se levantar e escalar as grades da arena, mas desmaiou logo em seguida. Foi socorrido imediatamente e levado ao Hospital da SIAS (Sociedade Integrada de Assistência Social), onde sofreu uma parada cardiorrespiratória e não resistiu aos ferimentos. A causa da morte foi determinada como hemorragia.

– Receba as últimas notícias da música sertaneja no canal do Movimento Country no WhatsApp

Imagens do Acidente e Repercussão

O evento estava sendo transmitido ao vivo pela internet, e câmeras capturaram o momento exato do acidente. Fabiano foi arremessado pelo touro após ficar cerca de 14 segundos sobre o animal, sendo pisoteado na região do peito e pescoço. As imagens rapidamente circularam nas redes sociais, causando comoção e tristeza entre os espectadores e fãs do rodeio.

Medidas de Segurança e Responsabilidades

Em nota, a prefeitura de Fátima do Sul lamentou profundamente a morte do peão e afirmou que a competição foi realizada por uma empresa licitada que possui seguro para todos os competidores e que todas as normas de segurança foram cumpridas. “A organização do evento, com o apoio de brigadistas e do Corpo de Bombeiros, prestou imediatamente todo o socorro necessário ao competidor,” disse a prefeitura.

LEIA TAMBÉM: Avó de Lucas Lucco sofre censura após postar fotos com roupas sensuais

Repercussão e Desdobramentos

A morte de Fabiano Pinheiro Rocha levanta questões sobre a segurança nas competições de rodeio. Embora a organização tenha seguido protocolos de segurança, acidentes fatais ainda ocorrem, evidenciando os riscos associados a este esporte. A tragédia reacende o debate sobre as medidas de proteção para peões e a necessidade de reforçar os cuidados para evitar novos incidentes.

Homenagens e Despedida

Fabiano foi sepultado nesta quarta-feira, 10 de julho, no Cemitério Municipal de Junqueirópolis, no interior de São Paulo. Amigos, familiares e colegas de profissão prestaram suas últimas homenagens, lembrando-o como um peão dedicado e apaixonado pelo que fazia.

Conclusão

A morte de Fabiano Pinheiro Rocha é um lembrete sombrio dos perigos envolvidos no rodeio. Enquanto eventos como o Fátima Fest celebram a cultura e a tradição, a perda de um competidor destaca a necessidade constante de aprimorar as normas de segurança e proteger aqueles que se arriscam em nome do esporte. A comunidade do rodeio e a cidade de Fátima do Sul estão de luto, rezando pela família de Fabiano e refletindo sobre os caminhos para evitar futuras tragédias.

Share.