Entenda o que fez Leonardo entrar na justiça para parar de dar dinheiro ao filho João Guilherme

O sertanejo Leonardo e filho João Guilherme desistiram de brigar na Justiça pela continuidade do benefício

O cantor Leonardo e o filho caçula, João Guilherme fizeram um acordo sobre o pagamento de pensão alimentícia. O sertanejo tinha entrado na Justiça para parar de pagar o benefício de R$ 15 mil mensais quando o filho chegou aos 18 anos. Na época, o pedido foi acatado, mas João quis recorrer da decisão.

Sendo assim, João Guilherme argumentou que não tinha condições de se manter sozinho, visto que ainda estudava, além de fazer cursos extracurriculares. Além disso, mesmo sendo um influenciador, não possui renda fixa desde que deixou o SBT, onde fez a novela Cúmplices de um Resgate. A defesa do rapaz alegou que a renda mensal dele era de R$ 1 mil.

Entretanto, segundo informações do IG, o recurso não teve julgamento pelo Tribunal de Justiça de São Paulo, visto que os dois informaram terem feito um acordo, levando em conta que o pagamento da pensão alimentícia não é mais exigido. Dessa maneira, acabaram desistindo do processo.

No ano de 2019, Leonardo contou que tinha bastante medo de ser preso por problemas de pagamento de pensão. Na ocasião, ele afirmou que nunca deixou de pagar a pensão dos filhos e que é responsável.

PATROCINADO

“Nunca cortei a pensão deles, sou um pai de coração bom”, disparou Leonardo na época.

Leia também:

Esposa de Leonardo faz duro desabafo após descobrir traição

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Após várias separações, que renderam filhos extraconjugais de Leonardo, Poliana Rocha resolveu perdoar as traições e recentemente chegou a fazer um desabafo sobre as críticas que sofre pelo seu casamento com o cantor sertanejo. Agora, Poliana Rocha voltou com mais um desabafo misterioso que atiçou a curiosidade dos fãs.

Em um storie publicado no seu Instagram, Poliana Rocha deu uma “diquinha da noite”, como ela mesmo nomeou, com uma frase bem enigmática: “Eu sou tão difícil de virar a cara para alguém, de me afastar ou discutir, relevo muito as coisas. Mas, se eu virei, me distanciei, é porque algo de muito errado aconteceu e mexeu comigo. Não guardo mágoas, mas prefiro bem longe de mim”, disparou.