Thaís Pacholek, esposa de Belutti fala pela primeira vez sobre sua luta contra o câncer

0 5.576

No último sábado (4), Thaís Pacholek, esposa do cantor Belutti, surpreendeu ao revelar através de seu Instagram que teve uma doença grave aos 22 anos.

Hoje com 35 anos, a atriz Thais Pacholek contou em um post como começou sua trajetória, sobre o câncer e que saiu vitoriosa dessa luta.

VEJA TAMBÉM: Foi divulgada a agenda de shows da turnê “Amigos”

“Vou contar um pouquinho da vida dessa menina aí do vídeo. Começou a fazer teatro aos 9 anos para se livrar da timidez. Nos ínterins, jogava vôlei e futsal pela escola. Sempre tímida, reservada. Otimista e batalhadora. Em paralelo a formação de artes cênicas se formou em Jornalismo. Trabalhou nas duas áreas… Muitas peças de teatro. Reportagens. Aos 18 saiu de casa e se mudou para o RJ. Aos 22 anos teve câncer…. O chão dessa menina parecia desabar. Aí o otimismo e a família seguraram a onda. Medos. Ponto. Vitória.

Aos 23 fez sua primeira novela em São Paulo. Aos 35, 8 foram feitas. Entre RJ e SP continua sua trajetória. Ela não desiste fácil. Difícil mas muito interessante escrever a história dessa minha personagem preferida: Eu. Coloque no papel a sua história também. Você vai ficar sem fôlego e vai perceber que somos seres únicos, cada qual com a sua personalidade, capacidade e propósito de vida. Somos alma, essência, somos amor, luz e tudo que há de melhor….e quando nos dermos conta dessa VERDADE, com certeza as coisas mudam. #BomSábadoMinhaGente“, escreveu a loira, que é casada com Belutti e tem um filho Luis Miguel.

VEJA TAMBÉM: Gusttavo Lima vai gravar CD em Espanhol

Marcos e Belutti fez parceria inédita com Maria Cecília e Rofolfo

Sem dúvidas, esse era um dos encontros mais aguardados pelos fãs. “Lugar Diferente”, dueto inédito de Maria Cecília e Rodolfo com Marcos e Belutti e que faz parte do DVD “De Portas Abertas”.

VEJA TAMBÉM: Ouça os maiores sucessos da música sertaneja no Spotify

Desta vez, o único casal do sertanejo voltou a falar de amor, mas de uma forma ‘diferente’. Ao lado de Marcos e Belutti, os cantores mostraram a pegada tão particular que definitivamente conquistou o Brasil. “É uma música que traz bem o estilo Maria Cecília e Rodolfo, com aquela batida dançante, ‘pra cima’ e com uma letra bem atual. É pra dançar muito e se divertir. Foi um dos presentes que ganhamos nesse DVD”, explica Rodolfo.

Deixe uma resposta