Organizadores substituem Gusttavo Lima por show de Wesley Safadão

Rivais de longa data, Wesley Safadão irá substituir Gusttavo Lima em show que acontecerá próxima terça-feira (10) na cidade de Aparecida de Goiânia

O show do cantor Gusttavo Lima, que estava marcado para a próxima terça-feira (10) foi cancelado pela produção do artista, mas a Prefeitura de Aparecida de Goiânia agiu rápido e acertou com Wesley Safadão. A informação deve ser confirmada oficialmente nas próximas horas.

Os boatos de briga entre Gusttavo Lima e Wesley Safadão são bem antigos e muitos fãs ainda acreditam que os dois não se falam nos bastidores. No entanto, um rumor recente levou o ex de Mileide Mihaile, que está confirmada na Fazenda, a voltar a falar sobre o possível concorrente.

A suposta briga teria começado há alguns anos e foi motivada pelo fato dos cantores terem agendas muito similares na época, o que levou Gusttavo Lima a mandar indiretas alegando que existia um cantor boicotando seus shows. Internautas ligaram as declarações do embaixador com Safadão que estava realizando shows na mesma época.

Em uma entrevista recente, Safadão fez questão de resgatar esse assunto e deixar bem claro que a briga entre os dois só existe na cabeça do público – pelo menos por sua parte – e que ele e o sertanejo podem não conversar, mas não se dão mal: “O que eu quis deixar bem claro para as pessoas é que eu não tenho nada. O Gusttavo não é um dos meus melhores amigos. Eu tenho muitos amigos assim que a gente ama. E isso é normal. Mas eu não tenho nada contra. A gente não tem nada contra um com o outro. Eu posso falar pela minha parte e acredito que por ele também”.

Justiça cancelou dois shows de Wesley Safadão

O cantor Wesley Safadão foi surpreendido na tarde desta sexta-feira (29), com a proibição da realização de mais um show seu, desta vez na cidade de São Pedro do Piauí, localizada a 110km de Terezina. Na semana outro show do artista foi cancelado no Maranhão.

A prefeitura iria gastar cerca de R$550 mil na contratação do forrozeiro para comemorar o aniversário da cidade que acontece no próximo dia 20 de junho. A presença de Safadão foi anunciada pelo prefeito Junior Bill em um vídeo onde ele aparece ao lado do artista.

De acordo com a ação movida pelo Ministério Público (MP), o município desembolsaria a quantia para apresentação de 1 hora e 20 minutos do artista sendo que a primeira parcela, no valor de R$ 200 mil, seria paga até sábado (30).

O órgão alegou à Justiça que o município vem enfrentando grande precariedade nos serviços de saúde, educação, saneamento básico, dentre tantos outros essenciais. Por isso, a suspensão do evento serve para preservar o patrimônio público.

Na decisão o juiz de direito Ítalo Márcio Gurgel de Castro, da Comarca de São Pedro do Piauí, informa que “existem inúmeros artistas que prestam serviços de qualidade por preços infinitamente menores” e que houve o desrespeito dos princípios administrativos de moralidade e eficiência, visto não ser “razoável a contratação de um cantor de renome nacional para cantar por pouco mais de uma hora nos festejos da cidade pelo valor de R$ 550.000,00, frente a tantas outras necessidades e limitações que passam os munícipes”.

Além disso, a Justiça determinou que a prefeitura, no prazo de 24 horas, a contar da intimação, publique na página principal do seu sítio eletrônico o aviso de cancelamento do show.