Eduardo Costa relembra de trágico acidente que quase lhe tirou a vida e lhe deixou deformado

Eduardo Costa teve rosto desfigurado após tragédia (Foto: Reprodução Instagram)
Eduardo Costa teve rosto desfigurado após tragédia (Foto: Reprodução Instagram)

Eduardo Costa sempre foi motivo de chacota por causa da mudança do seu visual, mas o que pouca gente sabe é os verdadeiros motivos pelo qual o cantor sertanejo passou por tantos procedimentos estéticos

O cantor mineiro nascido em Belo Horizonte, Eduardo Costa conquistou o sucesso e a fama trabalhando desde cedo na música. Multi-instrumentista ele começou cantando nos barzinhos e em 1995 chegou a montar uma banda chamada K & Pira, depois ele montou uma dupla com o nome Eduardo e Cristiano, mas depois de tantas tentativas frustradas por sugestão de uma amiga Dalva Camilo, optou por usar o nome de Eduardo e usando seu sobrenome “Costa” ao nome artístico.

Extremamente vaidoso, o seu visual sempre foi questionado nas redes sociais, se o público sempre se pergunta: o que aconteceu com o rosto de Eduardo Costa?

É possível notar uma enorme diferença se compararmos uma foto antiga, do início da carreira com uma atual, mas pouca gente sabe, que Eduardo Costa sofreu um grave acidente que por pouco não lhe custou a vida.

No início deste ano, o sertanejo relembrou a tragédia que quase lhe custoy a vida. Ele revelou ao apresentador Danilo Gentili do SBT, tudo o que aconteceu após sofrer um acidente de avião em 2011 na cidade de Manhuaçu (MG A aeronave do sertanejo explodiu em uma cidade do interior e acabou quebrando partes de seu rosto.

Eu caí dentro da cabine do piloto, trinquei a testa, quebrei o maxilar, quebrei o nariz, o braço, a mão, me arregacei todo…

Durante o bate-papo com Danilo Gentili, o famoso enalteceu o piloto, que conseguiu remeter a aeronave. “Eu fui pousar na cidade do interior e o avião explodiu. Graças a Deus o piloto remeteu, se não a gente iria bater em uma montanha e todos nós morreríamos”, disse Eduardo Costa.

O cantor para Danilo Gentili as marcas que ficaram no seu rosto e revelou que a decisão de realizar os procedimentos estéticos aconteceu após o acidente. “Quero que se dane!”, afirmou

Eduardo Costa não esconde as mágoas de Leonardo

(Eduardo Costa e Leonardo | Foto: Divulgação)
(Eduardo Costa e Leonardo | Foto: Divulgação)

Muita gente não sabe, mas a história de parceria entre Leonardo e Eduardo Costa vem de mais de uma década. Costa, que sempre teve o pai de Zé Felipe como inspiração, criou o “Cabaré” em 2011 com o objetivo de fazer um show irreverente e que conversasse com o público adulto. Na época, o nome de Leonardo foi cotado pela identificação com o projeto, mas isso só foi possível após o cantor, na época, encerrar seu contrato com a antiga gravadora e migrar para a Sony Music.

A ideia inicial era de gravar um DVD em um bordel (daí o nome Cabaré), mas na época a Sony Music recusou o projeto em função da polêmica que poderia causar pelo nome e pela proposta. Apesar da recusa, o presidente da gravadora, Paulo Junqueiro, acabou gostando da ideia do projeto e a reformulando para uma forma mais glamourizada.

O projeto caiu no gosto do público e, em pouco tempo, o “Cabaré” se tornou um fenômeno e passou a ser um dos shows mais requisitados do Brasil, mas como nem tudo são flores, os problemas começaram a aparecer nos bastidores. A relação entre Eduardo Costa e Leonardo começou a se desgastar devido a questões com a produção, e fontes dizem que também rolava grosserias com os funcionários, o que deixava o clima tenso.

Aos trancos e barrancos, anos depois da gravação do segundo DVD, Leonardo e Eduardo Costa voltaram a cantar juntos sob pressão dos patrocinadores e realizaram uma live sertaneja do projeto. Em época de pandemia, a live da dupla foi uma das mais esperadas de 2020 e bateu recorde de audiência, mas o resultado foi desastroso devido às polêmicas.

Nessa época, o Movimento Country antecipou exclusivamente que os dois sertanejos teriam brigado e colocado um fim na parceria, informação que foi veementemente negada pela assessoria de imprensa. No entanto, dias depois o anúncio oficial veio à público, mas até hoje ambos negam a briga – embora nunca mais tenham se falado.

A partir daí, uma verdadeira disputa tomou conta do “Cabaré”, já que Leonardo continuou o projeto com outros convidados e Eduardo Costa passou a reivindicar sua autoria e se declarar o criador deste que foi um dos maiores acontecimentos da música sertaneja.

Criador e fundador do Movimento Country. Radialista e Publicitário