Fã de Zezé Di Camargo detona cantor após sertanejo declarar apoio a Bolsonaro

Um fã de Zezé Di Camargo se revoltou com o posicionamento político do irmão de Luciano e decidiu quebrar todos os discos e itens que havia colecionado em homenagem ao sertanejo

O homem surgiu na internet e afirmou estar decepcionado com o apoio do cantor sertanejo Zezé de Camargo a Jair Bolsonaro e diz que, ao apoiar o atual presidente, o cantor demonstra ter esquecido de suas origens.
Vou mostrar aqui para vocês, aqui olha, autografado, isso aqui é o maior arrependimento da minha vida. Para mim, isso aqui não vale mais nada”, afirma o rapaz, enquanto dá socos e pontapés em quadros e itens de Zezé.

O fã que foi identificado como  Marcos, publicou os vídeos nas redes sociais e gerou piada entre os usuários:“O que o profissionalismo dele como cantor tem a ver com política? Kkkkkkk gente”, questionou um comentário. Para outro, o fã deveria ter tomado essa atitude drástica desde a última disputa presidencial, já que Zezé apoia o atual presidente há algum tempo. “Ele deveria ter feito isso a 4 anos atrás, pois o Zezé sempre demonstrou apoio ao Bolsonaro”, afirmou ele.

Leia também:

Apoio de sertanejos à Bolsonaro repercute nas redes sociais

(Foto: Reprodução Instagram)
(Foto: Reprodução Instagram)

Na segunda-feira (17), os cantores Gusttavo Lima, Chitãozinho, Zezé di Camargo, Leonardo, Fernando Zor e Sula Miranda, entre outros nomes, se reuniram com o presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL). No encontro também estavam presentes deputados bolsonaristas e o apresentador Ratinho. O apoio dos sertanejos repercutiu se tornou o assunto mais comentados nas redes sociais.

Críticos a Bolsonaro apontam incongruência no posicionamento dos cantores, que dizem defender a família tradicional, mas têm histórico de traições, infidelidade, relações extraconjugais e relacionamento ruim com filhos e familiares. É o caso de Gusttavo Lima, que justificou seu voto citando a defesa da família. “Essa é uma pauta que eu sempre defendi e sempre vou defender, que é a família , do pai, da mãe, do respeito”, disse.

O cantor, conhecido como embaixador, se separou da atual esposa em 2020. Segundo a mulher, Andressa Suita, Gusttavo a teria acordado durante a madrugada para anunciar o fim do casamento. Apesar de ter emitido uma nota afirmando que o fim do relacionamento ocorreu por um desgaste natural, os fãs apontaram traições do cantor.

Às vésperas do segundo turno das eleições, vários cantores sertanejos demonstraram apoio ao presidente e candidato à reeleição, Jair Bolsonaro (PL). Três deles que se posicionaram estão viajando o país com a turnê Amigos: Zezé Di Camargo, Chitãozinho e Leonardo. Xororó e Luciano não declararam voto publicamente.

Há 20 anos, a situação era um tanto quanto diferente para Zezé Di Camargo ao lado do irmão, Luciano. A dupla esteve junta no último programa de campanha de Lula, candidato que apoiaram. “Eu vou poder falar para os meus filhos que eu fiz parte disso, entendeu? Fiz parte da mudança deste país. E a mudança para melhor”, disse Luciano ao programa do PT.

Vendo aquela mudança do Lula de mudança, de brigar pelo país, falei, gente: ‘Acho que a coisa aqui é diferente‘”, concordou Zezé ao som da música A Vida do Viajante. Depois disso, o pai de Wanessa Camargo não apoiou mais o PT e criticou veementemente o atual candidato em virtude das denúncias por corrupção.