Marrone explodiu sua revolta após humilhação por Bruno: “Vontade de chutar o balde e abandonar”

Marrone abriu o jogo sobre vontade de desistir de dupla com Bruno em determinados momentos

A dupla Bruno e Marrone sofreu desgaste após uma série de polêmicas e humilhações em lives sertanejas. O cantor Marrone resolveu abrir o jogo sobre o destino de sua parceria com Bruno e falou sobre o que já passou ao lado do parceiro.

Sendo assim, em uma entrevista a Dudu Purcena, no Youtube, a segunda voz da dupla desabafou sobre o que sofre no palco e o faz ter sentimento de humilhação.

“(Ele) passa dos limites, com certeza. Mas Deus me deu esse equilíbrio mental e espiritual para eu poder me conter ali na hora, deixar rolar e ficar no meu canto, segurando as pontas. (…) Todos nós temos defeitos, ninguém é igual, então, já que existe as parcerias, nesses momentos a gente tem que ter a cabeça no lugar, alguém tem que ter o espírito ali, naquele momento, de apaziguar a situação, de levar aquela situação numa boa, saber contornar. Então, não posso dar uma de ignorante e querer fazer outro papelão”, disparou Marrone.

Ainda na conversa, Marrone relembrou de quando Bruno abandonou o palco após misturar remédio e bebida. “Alguém, nessa parceria, tem que ter esse jogo de cintura. Como eu sei que o Bruno gosta de beber bastante, naquele dia ele misturou remédio com bebidas. Eu nem esperava aquela reação. Ele saiu do palco e eu pensei que ele fosse voltar rápido, e ele demorando”, relembrou.

Posteriormente, Marrone contou o que aconteceu após a volta do parceiro ao palco. “Eu vi que realmente ele estava transtornado, estava um pouco fora da casinha. E aí, fazer o quê? Fiquei ali segurando as pontas. Parceria é ser parceiro. As pessoas não entendem isso: numa parceria ou numa sociedade, se você tirar uma pecinha, ela vai fazer falta”, explicou.

Leia também:

PATROCINADO

Cantor foi humilhado por parceiro

A dupla Bruno e Marrone (Foto: Reprodução/Internet)
A dupla Bruno e Marrone (Foto: Reprodução/Internet)

O cantor Bruno já excedeu várias vezes na bebida durante a apresentações e gerou uma série de críticas do público que assistia ao show. Em uma live, por exemplo, o cantor sertanejo já bêbado mandou a segunda voz da dupla cantar uma de suas músicas na primeira voz e Marrone, como é a segunda voz, preferiu não cantar.

Faz a primeira, vai! O senhor não é o gostoso? Vai Coronel. Vai!”. Em seguida, o sertanejo canta um trecho do refrão enquanto Leonardo abraça e dá um beijo na bochecha de Marrone, que responde: “É isso aí, agora na segunda eu sou professor, na primeira não, galera. Dependendo da música eu vou na primeira, essa aqui não”.

Bruno, então, dispara provocando: “Segunda professor é o c*r*lh*, professor é o c*r*lh*… é quem te ensinou a cantar”. Marrone responde “Exatamente, o finado Leandro, Chitãozinho, tem vários aí”.

Após a polêmica, o Movimento Country conversou com um produtor da dupla, que trabalha diretamente na World Show, escritório que pertence a dupla Bruno e Marrone, que afirmou que o clima tem ficado insuportável. “O Bruno tem se incomodado com o sucesso que o Marrone vem fazendo fora dos palcos junto aos fãs. Ele já não esconde mais o descontentamento”, afirmou o profissional.