Antes de atacar Anitta, Zé Neto tentou ‘cancelar’ Chrystian e Ralf

Zé Neto se envolveu em uma polêmica com Anitta recentemente, mas não é a primeira vez que criticou outro artista em um de seus shows

O cantor sertanejo Zé Neto, que recentemente teve que se afastar dos palcos após ter um problema no pulmão devido o uso do cigarro eletrônico, se envolveu em uma grande polêmica durante a realização de um show na cidade de Sorriso, no Mato Grosso do Sul, quando criticou a cantora Anitta e gerou revolta na internet.

O parceiro de Cristiano reservou uma parte do seu tempo para jogar indiretas para a Anitta, atualmente uma das artistas brasileiras mais empenhadas na luta contra a reeleição de Jair Bolsonaro (PL): “A gente não precisa fazer tatuagem no toba”, disparou o sertanejo.

Sorriso, Mato Grosso, um dos Estados que sustentou o Brasil durante a pandemia. Nós somos artistas que não dependemos de Lei Rouanet, o nosso cachê quem paga é povo, a gente não precisa fazer tatuagem no ‘toba’ pra mostrar se a gente tá bem ou não, a gente vem simplesmente aqui e canta. E o Brasil inteiro canta com a gente… Olha aqui, oh, será que tá ruim?” discursou o Zé Neto durante sua apresentação.

Zé Neto se referiu a tatuagem feita por Anitta e que repercutiu o Brasil inteiro, inclusive gerando uma onda de críticas negativas. Não satisfeito, o cantor sertanejo voltou a atacar a cantora durante outro show em Dourados (MS) após a plateia proferir xingamentos contra a popstar, mas resolveu mudar de discurso após receber uma nova onda de ódio em suas redes sociais.

Em um pronunciamento no Instagram, o parceiro de Cristiano voltou atrás e pediu desculpas à Anitta: “Jamais quis incitar ódio ao próximo, isso está longe da gente, e eu peço desculpas a quem entendeu errado. Eu queria repreender todo tipo de ódio que está sendo construído por causa de uma expressão errada que eu fiz. Em algumas coisas eu confirmo meu ponto de vista, que realmente, é, e algumas coisas não”, afirmou.

No entanto, essa não é a primeira vez que Zé Neto se envolve em polêmicas com outros cantores. Durante a pandemia, ele chegou a criticar a dupla Chrystian e Ralf e gerou um “cancelamento” para a dupla sertaneja. Relembre abaixo.

PATROCINADO

Cantor sertanejo tentou cancelar Chrystian e Ralf em live

Ze Neto, da dupla com Cristiano, está se recuperando de uma doença no pulmão (Foto: reprodução)
(Foto: reprodução)

Em live que aconteceu na época da pandemia, Zé Neto e Cristiano atingiram uma audiência surpreendente trazendo grandes clássicos do sertanejo universitário. Durante a participação ainda de João Bosco e Vinícius, o show passou a ser mais voltado para a moda de viola e o sertanejo raiz. Nesse momento, Zé Neto quase foi contido pelo parceiro Cristiano mas, não teve jeito e o músico acabou fazendo um desabafo sobre Chrystian e Ralf.

Ao se referir à dupla com muito respeito e admiração, Zé Neto deixou escapar um encontro não muito satisfatório que teve com a dupla: “Eu vou falar porque tá entalado na minha garganta. (…) nós não tivemos uma experiência muito boa com Chrystian e Ralf. Por mais que nós somos universitários, que o pessoal julga universitário, mas o tanto de moda que vocês quiserem cantar… eu canto junto e faço uma aposta com vocês.”

Após o desabafo, Zé Neto fez questão de contar sobre a admiração que tem pela dupla e expressou grande vontade em tirar essa má impressão que ficou. “Eu espero um dia poder sentar, conversar com vocês e ter uma experiência melhor. Vocês podem me xingar, falar mal, mas eu vou continuar amando vocês e escutando, um abraço”, afirmou o cantor enquanto Cristiano, que homenageou profissionais da saúde durante a transmissão, tentava interromper o assunto.

Confira: