Naiara Azevedo chorou ao saber sobre repercussão negativa sobre parceria com Marília Mendonça

A cantora sertaneja Naiara Azevedo ficou abalada ao saber da repercussão negativa sobre a música que deverá ser lançada em breve com participação de Marília Mendonça

Naiara Azevedo foi a terceira eliminada do BBB 22. A cantora sertaneja que chegou a pedir para ser eliminada logo no primeiro paredão, não resistiu a pressão do jogo e ao poder da escolha do público e acabou deixando o programa.

No entanto, após a saída do programa a cantora paranaense, mas que atualmente mora em Goiânia, viveu fortes emoções. O Movimento Country apurou com exclusividade que Naiara Azevedo caiu no choro ao saber da repercussão negativa do lançamento da música “50%” que conta com a participação de Marília Mendonça.

A artista foi pega de surpresa e ficou muito magoada ao saber de acusações que estaria usando a cantora que morreu em novembro passado para se promover dentro do BBB 22. Pessoas próximas afirmaram que no que depender da cantora, a parceria com Marília Mendonça ficará na gaveta “Por respeito à sua memória e seu legado”, teria dito Naiara à pessoas próximas.

Com a polêmica criada por João Gustavo, irmão de Marília Mendonça, a intérprete de “50 Reais” foi cancelada pelo público 2 dias antes do programa estrear e chegou a ser comparada com a cantora Karol Conká, que bateu recorde de rejeição no ano passado.

Leia Também:

PATROCINADO

Música com Marília Mendonça poderá ser lançada com restrições

(Reprodução YouTube)
(Reprodução YouTube)

Parece que Naiara Azevedo não foi a vilã da história envolvendo a cantora sertaneja Marília Mendonça, sobre a música que resolveu lançar com a rainha da sofrência durante seu confinamento no BBB22, e o nome dos verdadeiros responsáveis estão começando a aparecer aos poucos.

O Movimento Country apurou com exclusividade que a gravadora Som Livre teria liberado previamente a música “50 Por Cento” para Naiara Azevedo, sem a autorização da família de Marília Mendonça. Com essa autorização em mãos, a sertaneja teria planejado seu lançamento durante o confinamento no BBB 22, o que acabou deixando-a com a fama de oportunista.

Após a manifestação pública da família da rainha da sofrência, a equipe que administra a carreira de Naiara avaliou repensar o lançamento e aguardar a manifestação oficial da mãe e demais familiares da cantora.

A Som Livre, a verdadeira responsável pela polêmica, tentou reverter a situação, que deixou os dois lados em uma situação constrangedora.

Mas entre tanta confusão, a mãe da Marília Mendonça autorizou o lançamento da música, mas, na versão original. Já que Naiara Azevedo gravou um clipe apelativo chorando com imagem de Marília no telão.