Empresário pode tirar R$ 1,8 milhões da herança de Marília Mendonça em briga judicial

Entenda a disputa judicial envolvendo Marília Mendonça e o empresário Pedro Barbosa, que pode ir adiante da condenação e dar prejuízo de R$ 1,8 milhões na sua herança

A herança de Marília Mendonça é motivo de especulação desde sua morte e, segundo fontes, está avaliada em cerca de R$ 500 milhões, que ficaria para o seu filho Léo. No entanto, uma disputa judicial divulgada nos últimos dias pode fazer sua família perder uma parte do valor, já que a cantora foi condenada a pagar indenização a um empresário.

A disputa vem sendo travada na Justiça desde 2017, quando o empresário Pedro Barbosa dos Santos moveu uma ação judicial contra Marília Mendonça após a cantora vender 6 músicas para a dupla Mauro e Felipe, agenciada pelo empresário, mas acabar negociando essas mesmas músicas com outros artistas, depois de já estarem vendidas.

Devido às negociações das músicas que já tinham sido compradas, o empresário decidiu entrar na Justiça alegando “inutilidade das letras musicais”. Para compensar a dupla, Marília Mendonça escreveu outras 6 músicas, mas a negociação travou. Em setembro de 2021, a cantora apresentou um recurso, adiando o desfecho.

Com o recurso de Marília, a Justiça acabou adiando a decisão, que ficou para janeiro de 2022, que foi quando a Justiça tomou a sua decisão e condenou Marília Mendonça a pagar indenização ao empresário, sendo de R$ 60 mil por música, ou seja, um total de R$ 360 mil.

Apesar de já ter ganhado o valor, que será retirado da herança de Marília Mendonça, correm informações de que o empresário estaria pedindo R$ 300 mil por música, e não os R$ 60 mil que recebeu. Quando à isso, Pedro Barbosa deve entrar com um novo recurso na Justiça para o juiz analisar o pedido. Caso o juiz acate o valor da indenização pedida, a família de Marília Mendonça, que está responsável pelas decisões tomadas em nome da cantora, teria que pagar o montante de R$ 1,8 milhões, equivalente às 6 músicas envolvidas no processo.

Leia também:

Vida de Marília Mendonça pode virar filme!

(Foto: Reprodução/Instagram)
(Foto: Reprodução/Instagram)

A cantora sertaneja Marília Mendonça, em pouco tempo de carreira se transformou no maior nome da música sertaneja da sua geração. Dona de invejáveis recordes, a cantora tem em seu currículo a live mais vista do mundo com 3,2 milhões de acessos simultâneos e ainda ultrapassou nomes como Taylor Swift e Adele no Spotify.

Agora de acordo com as informações divulgadas pela coluna Splash, duas produtoras já demostraram interesse em mostrar a vida da “Rainha da Sofrência” nas telas de cinema. Aliás, Marília Mendonça sempre quis contar sua história de superação enfrentando o machismo e o preconceito na música sertaneja, e sendo uma inspiração para as mulheres de todo o Brasil.

Há cerca de um ano, o Movimento Country adiantou com exclusividade, que a cantora havia recebido uma proposta da Netflix para contar a sua história em um documentário, mas na ocasião, Marília foi obrigada a recusar o convite, devido ao contato que tinha com a Som Livre e a Globoplay para o projeto “Todos os Cantos”.

Recentemente Wander Oliveira, ex empresário da artista, confirmou que a filha de dona Ruth havia recebido o convite durante entrevista à revista Piauí. Segundo ele uma série documental sobre a cantora está sendo produzida pela plataforma de filmes.