Marília Mendonça foi proibida de fazer documentário na Netflix por causa de contrato milionário

A cantora Marilia Mendonça morreu sem realizar um dos seus maiores desejos em vida: Protagonizar um documentário que relataria sua trajetória e o empoderamento feminino na música sertaneja

Marília Mendonça foi proibida de fazer o documentário que contaria sua trajetória por causa de um contrato milionário que estava em vigor com a Globoplay que envolvia o lançamento do projeto “Todos os Cantos”, que aconteceria em todas as capitais do Brasil, mas acabou sendo interrompido em função da tragédia que tirou a vida da cantora sertaneja em novembro passado.

O Movimento Country havia adiantado em exclusividade em maio do ano passado que a Netflix, maior plataforma de streaming do mundo, estaria interessada em contar a história e a trajetória da cantora Marília Mendonça. A série contaria todos os detalhes da carreira que projetou a cantora como um dos maiores nomes da música em todos os tempos, e empoderou as mulheres na música sertaneja e fora dela.

O projeto não foi adiante na ocasião, porque a mãe do pequeno Leo, que completou 2 anos de idade em dezembro, tinha um contrato com a Som Livre e a Globoplay para a continuidade do projeto “Todos os Cantos”, que a sertaneja iria se apresentar nas capitais que ainda faltavam participar do projeto.

De acordo com os levantamentos feitos na época, a Netflix teria oferecido R$23 milhões pelo direito de uso da história da cantora. Na ocasião, a assessoria da sertaneja desmentiu a informação, que foi confirmada na última semana pelo ex empresário da cantora Wander Oliveira, que confirmou que a cantora já tinha assinado o contrato para produzir uma série com 10 episódios.

Leia Também:

PATROCINADO

Marília Mendonça torcia pelo sucesso da parceria com Naiara Azevedo

(Reprodução YouTube)
(Reprodução YouTube)

Marília Mendonçaque está envolvida em uma polêmica com Naiara Azevedo quase três meses após sua morte, em um trágico acidente de avião, havia falado publicamente sobre o single que pretendia lançar no projeto da artista, que agora está confinada no BBB22.

No vídeo em questão, a intérprete de ‘Infiel’ comenta sobre o projeto, que até então estava animada para lançar. Ela desistiu de ser sua imagem veiculada com a integrante do BBB22 após descobrir que ela apoiava publicamente o atual presidente da república, Jair Messias Bolsonaro, e esteve presente em um almoço com o político em uma churrascaria.

“Ontem estive com Naiara Azevedo e a gente gravou algo pro projeto novo dela. Uma música muito massa, mas muito massa. Vocês vão gostar demais”, disse Marília Mendonça na época.